CLBI Participa do Encontro de Físicos do Norte e Nordeste

Olá leitor!

Segue abaixo uma pequena nota postada ontem (20/11) no site do “Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (CLBI)” destacando a participação do CLBI no "Encontro de Físicos do Norte e Nordeste" ocorrido de 06 à 09/11 em Mossoró (RN).

Duda Falcão

CLBI Participa do Encontro de
Físicos do Norte e Nordeste

20/11/2011

No período de 06 a 09 de novembro, o CLBI participou do XXIX Encontro de Físicos do Norte e Nordeste, na cidade de Mossoró - RN, apresentando para as centenas de alunos e professores as diversas possibilidades de parceria para lançamento de experimentos científicos utilizando foguetes de treinamento. Nesta ocasião, foi utilizada uma carga útil do FTB, aberta, onde foi possível ver os diversos dispositivos que a compõem e os locais de embarque de experimentos.

Foram também apresentadas diversas Operações de Rastreio e Lançamento envolvendo Universidades de vários países e outras Instituições como forma de mostrar a experiência e o interesse deste Centro na participação conjunta com as Instituições de Ensino e Pesquisa.

Nesta Ocasião, o Eng. Dolvim e o Professor Gilvan Borba da UFRN ministraram 8 horas de aula sobre o tema: “A Pesquisa em Astronáutica e em Geofísica Espacial no Brasil e seu Potencial para o Ensino de Ciências”.

A exposição foi composta por maquetes de foguetes, fotografias do CLBI e CLA, banners, a carga útil do FTB, entrega de literatura especializada, exposição de diversos filmes de campanhas e a maquete do VLS utilizando garrafas PET (sucesso absoluto de propaganda devido às possibilidades didáticas relacionadas aos fenômenos físicos que envolvem este experimento).

Veja abaixo algumas fotos do evento:



Fonte: Site do Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (CLBI)

Comentário: Parabéns, parabéns ao CLBI, ao COMAER, a UFRN e a todas as instituições que participaram desse evento que considero pioneiro (não tenho informação de que algo assim já tenha sido realizado) e que curiosamente parece não ter contado com a participação da AEB. De qualquer forma, nasce com essa iniciativa uma clara demonstração de que mesmo com recursos limitados, mas com visão, seriedade, disposição e criatividade, é possível sim disponibilizar para a comunidade científica e educacional do país condições que possibilitem o acesso ao espaço.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Da Sala de Aula para o Espaço

O CLA e Sua Agenda de Lançamentos Até 2022