Diretor do INPE é Agraciado com título Doutor Honoris Causa

Olá leitor!

Segue abaixo uma nota postada hoje (08/12) no site do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) destacando o diretor do instituto, o senhor Gilberto Câmara, foi agraciado com o título de “Doutor Honoris Causa” pela Universidade de Münster, uma das maiores da Alemanha.

Duda Falcão

Universidade Alemã Concede Título de
Doutor Honoris Causa a Diretor do INPE

08/12/2010

Gilberto Câmara, diretor do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), foi agraciado com o título de Doutor Honoris Causa pela Universidade de Münster, uma das maiores da Alemanha. Ainda não há data para a cerimônia formal de entrega da honraria, concedida em reconhecimento à contribuição técnico-científica na área de geoinformática e, também, pela atuação em defesa do compartilhamento das informações espaciais em benefício da sustentabilidade e da capacitação em países em desenvolvimento.

Antes do diretor do INPE, o último a receber esse título foi o Dalai Lama, em 2007. Instituição pública localizada na cidade de Münster, com mais de 40 mil alunos e cerca de 130 áreas de estudo, a Universidade de Münster é um dos principais centros intelectuais da Alemanha. Oferece uma vasta gama de cursos, inclusive em inglês, como PhD/Doutorado e Mestrado em Geoinformática, Tecnologias Geoespaciais e Sistemas de Informação.

Diretor do INPE desde dezembro de 2005, Gilberto Câmara trabalha na instituição desde 1980. Graduado em Engenharia Eletrônica pelo Instituto de Tecnologia da Aeronáutica (ITA), fez mestrado e doutorado em Computação no INPE. Líder da equipe de P&D em Geoprocessamento do Instituto, participou do desenvolvimento de importantes softwares de sensoriamento remoto e processamento de imagens de satélites e das metodologias de projetos como DETER e PRODES.

Responsável pelo estabelecimento de uma política de acesso livre aos dados do INPE sobre desmatamento e às imagens do satélite sino-brasileiro CBERS, Gilberto Câmara tem se destacado por defender a distribuição mundial de dados orbitais de média resolução.

É também professor dos cursos de pós-graduação em Sensoriamento Remoto, Computação Aplicada e Ciência do Sistema Terrestre do INPE. Mais informações sobre o diretor, seu currículo, palestras e apresentações de seus trabalhos na página:



Fonte: Site do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)

Comentário: Pois é leitor, tá ai um bom nome para assumir a presidência da Agência Espacial Brasileira (AEB) numa eventual mudança. Não esta agência atual, mas uma agência com autonomia, dinâmica com os recursos necessários (financeiros e humanos) espelhada na administração de agências como a NASA, JAXA, ESA, DLR e tantas outras de sucesso mundo afora. Este sim um verdadeiro realizador, apesar do barco sem rumo que tem de administrar por conta das atitudes do governo ou por exclusiva falta delas que levaram o PEB à atual situação. O senhor Gilberto Câmara certamente seria o nome certo para uma eventual e necessária nova Agencia Espacial Brasileira e não essa caricatura de instituição que não representa nada ou coisa alguma. Aproveitamos para parabenizar o senhor Gilberto Câmara pelo título conquistado.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Da Sala de Aula para o Espaço

O CLA e Sua Agenda de Lançamentos Até 2022