Satélite Amazônia-1 - MCTI Envia Servidor do INPE à China Para Participar de Testes de Equipamentos

Olá leitor!

Diário Oficial da União (DOU) de ontem (05/06) publicou um despacho do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), autorizando um servidor do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) a viajar para China a fim de participar de testes de equipamentos do Satélite Amazônia-1  Abaixo segue o despacho com publicado no DOU.

Duda Falcão

Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação

GABINETE DO MINISTRO

DESPACHOS DO MINISTRO
Em 4 de junho de 2014

Afastamentos do país autorizados na forma do Decreto nº 1.387, de 07 de fevereiro de 1995:

JOSÉ ANTONIO RODRIGUES, Tecnologista Sênior III do INPE, participar, como engenheiro da divisão de eletrônica da ETE, dos testes de multipaction das antenas de banda X do satélite Amazônia-1, em Beijing/China, no período de 06.06 a 21.06.2014, com ônus para o INPE. Art. 1º, inciso V.

CLELIO CAMPOLINA DINIZ


Fonte: Diário Oficial da União (DOU) - Seção 2 - pág. 07 - 05/06/2014

Comentário: Essa é uma noticia nova para nós, já que desconhecíamos que o desenvolvimento do “Satélite Amazônia-1” contava com a participação chinesa, hummmm.

Comentários

  1. Acredito que devêssemos ir "mais fundo" no trato desse assunto.

    Gostaria muito de saber que tipo de teste a ser feito no "Amazônia-1" e/ou seus equipamentos correlatos, precisa ser feito na China e não pode ser feito aqui.

    E os tantos laboratórios que foram criados às nossas custas? Já sabemos que eles estão MUITO subutilizados por não haver demanda. E quando surge uma, esta não pode ser atendida por aqui?

    Afinal, somos todos contribuintes, eu gostaria muitíssimo de saber muito bem porque os investimentos feitos nos nossos laboratórios locais não foram suficientes para fazer esses testes por aqui...

    Corroboro com o questionamento do Duda. Nós sequer sabíamos que esse satélite contava com a participação chinesa. E agora? será que depois dos últimos "acordos" assinados, nós vamos estar financiando e incentivando o uso de laboratórios de teste chineses em vez dos nacionais?

    Eu gostaria disso muito bem esclarecido, tendo em vista os exemplos recentes do programa mais médicos e daquele infame porto em Cuba, quero saber muito bem onde o dinheiro dos nossos impostos está sendo investido.

    Eu por exemplo, NÃO QUERO que ele seja investido em Cuba e muito menos na China.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial