MCTI Assina Termo de Cooperação Com o INPE Para o Desenvolvimento de Propulsores a Plasma Pulsado

Olá leitor!

Subsecretaria de Coordenação das Unidades de Pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) publicou no Diário Oficial da União (DOU) no dia de hoje (10/06) um “Extrato de Termo de Cooperação”  entre o MCTI e o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) descentralizando recursos financeiros para apoiar o desenvolvimento do projeto intitulado: “Desenvolvimento de Propulsores a Plasma Pulsado para Satélites”. Abaixo segue o extrato como publicado no DOU.

Duda Falcão

Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação

SECRETARIA EXECUTIVA
SUBSECRETARIA DE COORDENAÇÃO DAS UNIDADES DE PESQUISA

EXTRATO DE TERMO DE COOPERAÇÃO

Processo Nº: 01200.002391/2014-17;
Espécie: Termo de Descentralização firmado entre o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação - MCTI e o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais – INPE;
Convenentes: Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação – CNPJ 03.132.745/0001-00 e o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais - INPE - UG: 240106;
Objeto: Apoio ao Projeto "Desenvolvimento de Propulsores a Plasma Pulsado para Satélites";
Crédito Orçamentário: Funcional Programática 19.571.2021.20V7.0001.000V - Desenvolvimento de Novas Linhas de Pesquisa e Inovação nos Institutos de Pesquisa;
Código da UG: 240113;
Gestão: 00001;
Fonte: 0100;
Natureza de Despesa: Capital Valor R$ 232.109,10 (duzentos e trinta e dois mil, cento e nove reais e dez centavos);
O referido termo tem a vigência de: 11/06/2014 à 31/12/2014;
Data da Assinatura: 09/06/2014;
Assinam: André Tortato Rauen - Subsecretário de Coordenação das Unidades de Pesquisa CPF: 006.119.529-47 e Leonel Fernando Perondi - Diretor do INPE - CPF: 212.451.260-91.


Fonte: Diário Oficial da União (DOU) - Seção 3 - pág. 10 - 10/06/2014

Comentário: Bom leitor, esse projeto de desenvolvimento talvez até tenha mais haver com a Missão ASTER do que o outro postado a pouco, não sei, mas quem sabe aparece alguém para esclarecer melhor a finalidade desses projetos.

Comentários

  1. Do texto todo, só vou reproduzir um pequeno trecho:

    "R$ 232.109,10 (duzentos e trinta e dois mil, cento e nove reais e dez centavos)"

    Os cientistas brasileiros são muito bons mesmo...

    Estou rindo pra não chorar !!!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial