sábado, 11 de agosto de 2018

A Missão da Sonda Solar Parker da NASA Contou Com a Participação de Pesquisador do INPE

Caro leitor!

Segue abaixo uma nota postada ontem (10/08) no site oficial do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) destacando que a missão da “Sonda Parker” da NASA contou com a participação de pesquisador do instituto.

Duda Falcão

NOTÍCIA

Sonda Parker Deve "Tocar" o Sol.
Pesquisador do INPE Participou da Missão

Por INPE
Publicado: Ago 10, 2018

São José dos Campos-SP, 10 de agosto de 2018

A Parker Solar Probe (PSP) será lançada neste sábado (11/08) com a missão de chegar o mais próximo da estrela, analisar sua atmosfera e estudar as origens e os impactos dos ventos solares na Terra. Segundo a NASA, a sonda viajará através da atmosfera do Sol a "somente" 6,2 milhões de quilômetros da superfície solar, a uma distância "sete vezes mais próxima" do que qualquer outra nave. A agência espacial americana afirma que o objetivo é "tocar" o Sol.

A sonda Parker custou mais de 1,5 bilhões de dólares e levou quase 30 anos para ser finalmente preparada. A missão pesquisará a importância do processo de junção e aniquilação de campos magnéticos solares, fenômeno conhecido como reconexão magnética, na dinâmica da coroa solar.

"Trabalhei no início dessa missão quando passei um ano no Laboratório de Propulsão a Jato (JPL) de Pasadena. Depois a missão passou a ser gerenciada pelo Applied Physics Lab (APL) e ganhou o nome do Eugene Parker, que teorizou a existência do 'vento solar' em 1957, assunto que será pesquisado pela PSP", diz Walter Gonzalez, pesquisador da Divisão de Geofísica Espacial do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) desde 1969.

Gonzalez e Parker recentemente lançaram juntos o livro "Reconexão Magnética", que fornece uma visão geral das pesquisas recentes nas principais áreas de aplicação da reconexão magnética, incluindo planetária, física solar, magnetosfera e astrofísica. "Em um dos capítulos discutimos exatamente sobre o aquecimento da coroa solar pelo processo de reconexão magnética", conta o pesquisador do INPE.

Em 2014, o INPE recebeu Eugene Parker durante workshop sobre reconexão magnética e homenageou o cientista que estabeleceu novas perspectivas no estudo do vento solar e outros fenômenos espaciais, revolucionando estudos sobre física solar e magnetosfera terrestre.


Fonte: Site do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)

Nenhum comentário:

Postar um comentário