segunda-feira, 28 de março de 2016

CLA Recebe Estudantes de Engenharia Mecânica da UEMA

Olá leitor!

Segue abaixo uma nota postada dia (24/03) no site do “Centro de Lançamento de Alcântara (CLA)” destacando que Estudantes de Engenharia Mecânica da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA) visitaram dia 21/03 as instalações deste centro de lançamento brasileiro.

Duda Falcão

NOTÍCIAS

CLA Recebe Estudantes de
Engenharia Mecânica da UEMA

Publicado: 24 Março 2016
Última atualização em 24 Março 2016


O Centro de Lançamento de Alcântara (CLA) recebeu nesta quarta-feira (21/3) a visita de 15 estudantes do curso de graduação em Engenharia Mecânica da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA).

Os universitários, estão atualmente entre o quarto e sétimo período do curso na instituição de ensino pública maranhense. A visita teve por objetivo apresentar informações aos graduandos referente à organização militar da Força Aérea Brasileira (FAB), situada no Estado do Maranhão e que é responsável pelo lançamento e rastreio de engenhos aeroespaciais, além de apresentar perspectivas de ingresso na FAB nas carreiras civil e militar.

Ao início das atividades, os visitantes foram recebidos pelo Vice-Diretor do CLA, Coronel Aviador Elymar Guimarães Fonseca Júnior. Na conversa, os futuros engenheiros receberam orientações referentes às atividades que os mesmos podem vir a desempenhar dentro da FAB, sobretudo, no Programa Espacial Brasileiro. Os visitantes assistiram ainda uma apresentação, em que foram abordados o atual panorama da atividade espacial no país e no mundo, o histórico das atividades espaciais no Brasil, meios atualmente disponíveis e últimos avanços implementados na infraestrutura de apoio e operacional do CLA, principais operações de lançamento realizadas pela organização militar da FAB na península alcantarense e formas de ingresso e atividades que podem ser executadas pelo engenheiro no Centro e em outras instituições da Força Aérea. Após a apresentação, os alunos da UEMA foram até o Centro de Controle, local em que são coordenadas todas operações de lançamento e às estações de Meteorologia, Telemedidas – telemetria dos veículos em vôo e Radar Adour – registro trajetográfico do veículo em vôo.

No Setor de Preparação e Lançamento (SPL), os graduandos visitaram as instalações do Prédio de Segurança, do Prédio de Depósito de Propulsores (PDP), do Prédio de Preparação de Propulsores (PPP), do Centro de Controle Avançado (CAV) – bunker na área operacional que abriga parte das equipes envolvidas com as campanhas de lançamento e a da Torre Móvel de Integração (TMI), a plataforma de operações do Veículo Lançador de Satélites (VLS). As atividades de manutenção das Catamarãs Pegasus e Fênix, que realizam diariamente o transporte do efetivo do CLA residente em São Luís até Alcântara, também foram acompanhadas pelos futuros engenheiros mecânicos. Luan Artelino, aluno do sétimo período do curso na UEMA, gostou do que viu no CLA. “É uma oportunidade ímpar de conhecer o planejamento do CLA e as áreas operacionais que visitamos hoje como o Centro de Controle. Fica um aprendizado maior e cresce meu interesse pela área e por futuramente tentar cursar um mestrado em Engenharia Espacial na UEMA”, finaliza o futuro engenheiro que pretende se candidatar à pós-gradução strictu sensu que encontra-se em formatação na instituição de ensino superior maranhense.


Fonte: Site do Centro de Lançamento de Alcântara (CLA)

Comentário: Bom, bom, muito bom mesmo. Estes jovens são o futuro do Brasil e alguns deles deverão trabalhar para o PEB, isto é, se o mesmo tiver algum futuro como um programa espacial realmente brasileiro. Tenho minhas dúvidas quanto a isto, o VLM-1, provavelmente a continuar as ações em curso, eu diria que não passará de um foguete fabricado na Alemanha e montado no Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário