Jovens Membros do Irrequieto "Clube de Astronomia Louis Cruls", Lançaram em Maio Passado Dois Experimentos no Espaço

Olá leitor!

Pois é, sinceramente por quase 10 anos venho tentando fazer meu trabalho da melhor forma possível, dentro do tempo que disponho, sem ganhar absolutamente nada, e mesmo assim ainda sou obrigado vez ou outra sair buscando informações como fazia antigamente quando tinha mais tempo, e isto leitor devido à falta de interesse e de atitude de pessoas que, o mínimo que poderiam fazer para ajudar era enviar suas noticias facilitando meu trabalho. Afinal, o Blog BRAZILIAN SPACE é fonte de informação não só da Comunidade Espacial (cientistas, técnicos, simpatizantes e curiosamente também os inimigos de si mesmos que perambulam pelos quatro cantos) não só no Brasil, bem como em mais de 160 países de todo mundo. Enfim...

Este leitor, por exemplo, é o caso de uma notícia que infelizmente só fiquei sabendo agora a pouco por pura sorte, mas que devido a sua importância e em respeito aos jovenzinhos envolvidos, trago agora para você caro amigo leitor que, muito provavelmente em sua grande maioria não ficou sabendo da mesma.

Pois então, em maio desse ano, um foguete que partiu da Ilha Wallops, no Estado da Virgínia, nos EUA, levou abordo cerca de 80 experimentos projetados por estudantes de 11 a 18 anos no âmbito do projeto “Cubos no Espaço (Cube in Space)”, projeto este internacional que é apoiado pela NASA e que visa o lançamento de experimentos estudantis científicos dentro de cubos de acrílicos, através de foguetes e em balões estratosféricos. (galera da Missão Garatéa, fiquem atentos)

Acontece leitor que, seis jovens adolescentes integrantes do ativo e irrequieto “Clube de Astronomia Louis Cruls”, da cidade de Campos dos Goytacazes (RJ), e entre eles os jovenzinhos “Pedro Enrique Manhães” (aluno do 7º ano do ensino fundamental da Escola Adventista de Campos dos Goytacazes) e “Luís Gabriel Castilho”, participaram desta iniciativa lançando em um desses cubos (no voo de maio deste ano) sementes de alface e de caruru, para assim tentar descobrir se a gravidade e a radiação provocariam mutações nessas sementes. Caso isto não ocorresse, á ideia deles é propor o plantio de sementes da mesma espécie durante expedições espaciais, visando com isso ampliar as opções de alimentos para os astronautas.

(Fotos: Prefeitura de Campos)
Pedro Enrique recebe certificado de participação das
mãos de Rafael Diniz, prefeito de Campos dos Goytacazes.

“O experimento também levou um dosímetro de radiação e um relógio de corda que medirá o tempo que o experimento ficará em microgravidade. Esperamos contribuir de alguma forma com esse experimento. Eu estou muito feliz pela oportunidade de participar e aprender”, afirmou o jovenzinho Pedro Enrique Manhães.

O diretor da Escola Adventista de Campos, o Sr. Thiago Carnielli, celebrou a experiência vivida pelo seu aluno dizendo: “É motivo de grande alegria e prestígio ver o Pedro cruzando o espaço através do seu experimento. Queremos continuar plantando essas sementes para que assim como aconteceu com ele, novos pequenos cientistas venham trazer esperança para o nosso planeta”.

Vale dizer que, um outro experimento foi enviado na mesma expedição contendo amostras de carne salgada com arqueobactérias halofílicas (formas de vida unicelulares primitivas que vivem em ambiente hipersalinos) com o objetivo de submeter esses microorganismos à microgravidade e à radiação solar, visando a inclusão de carnes salgadas no cardápio alimentar de tripulantes de expedições e bases espaciais.

Este grupo de adolescentes do “Clube de Astronomia Louis Cruls” de Campos foi o único a representar o Brasil nesta iniciativa internacional, e como de costume (esses políticos não tem jeito) em julho passado receberam em sessão solene, da prefeitura da cidade, o certificado de participação neste projeto.

“É pela educação que podemos transformar a vida desses meninos. E isso se comprova não só através de um certificado, mas sim pelo envolvimento deles em um projeto como esse. É a educação ultrapassando as barreiras do espaço”, ressaltou o deslocado Rafael Diniz, prefeito de Campos dos Goytacazes. Veja abaixo mais fotos dessa iniciativa.

O Blog BRAZILIAN SPACE aproveita para parabenizar de forma atrasada, infelizmente, mais esta grande conquista do irrequieto “Clube de Astronomia Louis Cruls”, da cidade de Campos dos Goytacazes (RJ), bem como e principalmente a estes jovens que fazem as coisas acontecerem. Tá vendo aí seu Sr. Braga Coelho como se faz?

Duda Falcão

Cubos de acrílico foram lançados ao espaço levando
experimentos desenvolvidos pelos alunos.
Sementes de alface, caruru e amostras de carne salgada
com arqueobactérias halofílicas foram enviadas as espaço
na última expedição.Sementes de alface, caruru e amostras
de carne salgada com arqueobactérias halofílicas foram
enviadas as espaço na última expedição.
O Grupo do Clube de Astronomia Louis Cruls que
representou o Brasil nesta competição internacional.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Rússia Oferece ao Brasil Assistência no Desenvolvimento de Foguetes