Pernambucana Ganha Medalha em Olimpíadas de Astronomia

Olá leitor!

Segue abaixo uma matéria postada ontem (20/09) no site “G1” do globo.com destacando que a estudante pernambucana Larissa Aquino do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco (IFPE), conquistou a Medalha de Prata na Olimpíada Latinoamericana de Astronomia e Astronáutica, realizada na cidade de Barranquilla, na Colômbia.

Duda Falcão

PERNAMBUCO

Vestibular e Educação

Pernambucana Leva Medalha de Prata
em Olimpíadas de Astronomia

Larissa Aquino, do IFPE, viajou até a Colômbia para participar da disputa.
Os cinco alunos brasileiros na competição levaram medalhas.

Do G1 PE
20/09/2012 - 17h59
Atualizado em 20/09/2012 - 17h59

(Foto: TV Reprodução)
Larissa foi selecionada para a Olimpíada
mundial com outros 4 brasileiros
A estudante Larissa Aquino, do curso de segurança do trabalho do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco (IFPE), no campus de Recife, levou a medalha de prata na Olimpíada Latinoamericana de Astronomia e Astronáutica, realizada na cidade de Barranquilla, na Colômbia, entre os dias 9 e 15 de setembro.

A aluna de 17 anos e mais quatro jovens brasileiros (três de São Paulo e um do Piauí), selecionados na etapa brasileira da competição, disputaram cinco provas, compostas por testes teóricos, individuais e em grupo, planetário, telescópio e lançamento de foguete feito de garrafa pet. 

"Fiquei muito feliz de ter ganho. Foi uma sensação de alívio. Fiquei bem feliz e com sensação de  missão cumprida. Estou bem aliviada por ter representado bem o estado. Nas provas  teóricas me saí melhor”, contou Larissa ao G1, por telefone.

Segundo a estudante, toda a equipe que participou das Olimpíadas de Astronomia e Astronáutica conseguiu conquistas memoráveis, totalizando cinco medalhas.  "Ao todo, foram cinco medalhas. Duas de ouro (conseguidas por Amanda Seraphim, de São Paulo, e Weslley Vasconcelos, do Piauí) e três de prata (conseguidas por Victor Venturi e Luís Fernando, ambos de São Paulo).

O seu professor de astronomia do IFPE, Guilherme Pereira, diz estar muito satisfeito com o resultado obtido por ela.  "Eu tenho muita satisfação em tê-la como minha aprendiz. Aquela semente que eu plantei no passado hoje está avançando muito. Mas tudo dependeu do estimulo particular dela, que não teve limites".

No dia 6 de outubro, ela irá participar da Olimpíada Brasileira de Física e diz esperar ficar entre os dez melhores.


Fonte: Site G1 do globo.com

Comentário: Valeu Larissa, é isso ai garota. Parabéns a você e a todos os jovens brasileiros que participaram dessa competição na Colômbia. São exemplos como o de vocês que ainda me fazem acreditar que esse país tem jeito apesar desses desclassificados que militam nos bastidores de Brasília. Espero está vivo para poder observar algum dia o respeito e admiração da Comunidade Internacional pelo Sociedade Brasileira, e se isso vier acontecer, certamente jovens como vocês serão os grandes responsáveis pela mudança, enterrando de vez esse energúmenos, sangue sugas e aproveitadores que infelizmente militam na política brasileira prejudicando sensivelmente o desenvolvimento de nosso país. Sucesso!

Comentários

  1. Reitero como minhas as palavras do Duda.

    Uma grande conquista de uma aluna de curso técnico de uma instituição do Nordeste (tenho alguns amigos que lá estudam ou estudaram), muito interessante tudo isso.

    Acredito ser essa também uma boa oportunidade para salientar a importância de uma característica muito boa do sistema de ensino Brasileiro.

    São as Escolas Técnicas como um todo, elas dão oportunidade para aqueles cuja vocação é mais para a parte aplicada do que a acadêmica.

    Diga-se de passagem, boa parte dos pioneiros da "corrida espacial" foram formados em escolas técnicas na Alemanha e na União Soviética.

    Seria interessante ver nos currículos dessas Escolas, cursos técnicos especificamente voltados para as áreas de Aeronáutica, Astronomia e até Espaciais, pois técnicos bem formados são necessários em todas as áreas. E claro precisam ser devidamente valorizados.

    Parabens Larissa e parabens também a todas as Escolas Técnicas, seus Professores e Alunos do Brasil.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial