OMNISYS Conquista Contrato de Equipamento para o CLA

Olá leitor!

Foi publicado pela Agência Espacial Brasileira (AEB) no Diário Oficial da União (DOU) de hoje (26/09), um “Extrato de Dispensa de Licitação” a contratação de empresa para desenvolvimento e a implantação de uma unidade de monitoração de espectro eletromagnético a ser integrada ao Sistema de Monitoração de Espectro Eletromagnético – SIMO (SMEE-0418) instalado no Centro de Lançamento de Alcântara (CLA). Abaixo segue o extrato como publicado no DOU.

Duda Falcão

AGÊNCIA ESPACIAL BRASILEIRA

EXTRATO DE DISPENSA DE LICITAÇÃO Nº 21/2012
- UASG 203001

Nº Processo: 01350000106201248;
Objeto: Contratação de empresa para desenvolvimento e a implantação de uma unidade de monitoração de espectro eletromagnético para operação na faixa de frequência de 18 GHz a 40 GHz (UMEE-1840) a ser integrada ao Sistema de Monitoração de Espectro Eletromagnético – SIMO (SMEE-0418) instalado no Centro de Lançamento de Alcântara;
Total de Itens Licitados: 00001;
Fundamento Legal: Art. 24º, Inciso IX da Lei nº 8.666 de 21/06/1993;
Justificativa: Por haver possibilidade de comprometimento da segurança nacional, nos casos estabelecidos em decreto pelo PR ouvido o CDN;
Declaração de Dispensa: em 24/09/2012;
JOSE IRAM MOTA BARBOSA: Diretor de Planejamento, Orçamento e Administração;
Ratificação: em 24/09/2012;
JOSE RAIMUNDO BRAGA COELHO: Presidente da Agência Espacial Brasileira;
Valor Global: R$ 10.413.664,74;
CNPJ Contratada: 01.773.463/0001-59 OMNISYS ENGENHARIA LTDA.

(SIDEC - 25/09/2012) 203001-20402-2012NE800009


Fonte: Diário Oficial da União - Seção 3 - pág 10 - 26-09-2012

Comentário: Só lembrado leitor que a OMNISYS ENGENHARIA LTDA é uma dessas empresas de alta tecnologia que se desenvolveu com forte apoio de recursos públicos e que pela falta de uma política de controle adequada do governo (poxa os EUA, a França, a Itália, a Gran Bretanha, entre outros, todos fazem isso e só aqui que é uma verdadeira casa de mãe Joana. Não é por acaso que esses gringos chegam no Brasil com sede no pote), e pela tal brasilidade citada aqui no blog por alguns leitores, foi adquirida pelo Grupo THALES europeu com total omissão do governo. Até quando crimes como esse contra o patrimônio público de conhecimento e científico tecnológico do país continuarão acontecendo? Plagiando uma vez mais o BORIS: Isto é uma vergonha.

Comentários

  1. É o que se chama "crime de lesa pátria".

    O Brasil sempre foi um tradicional exportador de insumos básicos, e nessa área já temos alguns resultados práticos desastrosos, tanto a nível social quanto econômico.

    Vejam esse artigo.

    Isso em relação a recursos físicos tangíveis, que estão ali (ou na verdade se exauriram), para quem quiser ver.

    Que dirá quanto a esses recursos de conhecimento tecnológico muito mais difíceis de mensurar.

    Isso é no mínimo, vergonhoso...

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Ouviu o Barulho no Céu? Entenda o Fenômeno Que Assustou os Brasileiros no Último Final de Semana

Operação CRUZEIRO: Primeiro Ensaio em Voo de um Motor Aeronáutico Hipersônico Brasileiro