INPE Inaugurará Rede de Detecção de Raios e Tempestades

Olá leitor!

Segue abaixo uma nota postada hoje (10/09) no site do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) destacando que o Grupo de Eletricidade Atmosférica (ELAT) do INPE inaugura este mês no estado do Rio Grande do Sul Rede de Detecção de Raios e Tempestades Severas.

Duda Falcão

Rede de Detecção de Raios e
Tempestades Severas do INPE
é Inaugurada no Rio Grande do Sul

Segunda-feira, 10 de Setembro de 2012

O Grupo de Eletricidade Atmosférica (ELAT) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) inaugura neste mês a Rede Brasileira de Detecção de Descargas Atmosféricas (BrasilDAT) no Rio Grande do Sul. Os novos sensores que compõe a expansão da rede BrasilDAT na região Sul do Brasil já estão em operação e colocam o estado entre as regiões do mundo preparadas para acompanhar as mudanças climáticas.

Entre as principais novidades que trazem um retorno direto para a sociedade está a capacidade do sistema em identificar descargas atmosféricas que acontecem dentro das nuvens. Esta nova tecnologia permitirá que a rede identifique com maior antecedência a proximidade de tempestades severas que inclusive podem vir acompanhadas de fortes chuvas, fortes ventos, granizo e tornados. A rede também tem como diferencial a capacidade de registrar com maior precisão os raios que atingem o solo.

Os novos sensores, instalados nos municípios de Santa Maria, Rio Grande, Uruguaiana, Santa Rosa, Viamão e Casca, beneficiarão o sistema de monitoramento responsável por emitir alertas para empresas quando tempestades e raios se aproximam. As novas informações também serão fundamentais para a realização de novos projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação, que atendam as necessidades do setor elétrico e do setor de telecomunicações, entre outros setores da região Sul do País.

Há mais de 10 anos o ELAT/INPE, em parceria com diversas empresas do setor elétrico, de energia e construção civil, vem executando projetos de pesquisa e desenvolvimento voltados a novas metodologias, tecnologias e serviços para monitoramento, análise e previsão de tempestades e de descargas atmosféricas, com amplas aplicações nas áreas de engenharia e segurança. Com a nova rede, o ELAT/INPE poderá atuar agora também no Rio Grande do Sul.

“Esta nova tecnologia traz um avanço substancial para o acompanhamento meteorológico e climático no estado”, afirma Osmar Pinto Junior, coordenador do ELAT/INPE e diretor da Rede BrasilDAT.

O Rio Grande do Sul é o estado com maior incidência de raios por área, com aproximadamente 18 raios por km2 a cada ano. Em média caem no estado cerca de 5 milhões de descargas por ano, sendo que, de acordo com estimativas, ocorrem dez vezes mais descargas dentro das nuvens. Na última década, as descargas que atingiram o solo foram responsáveis por 106 mortes em todo o estado e por danos superiores a um bilhão de reais em diferentes segmentos da sociedade, entre eles o setor industrial, o setor elétrico, a agricultura e o setor de telecomunicações.

Inauguração

Para inaugurar oficialmente a rede BrasilDAT no Rio Grande do Sul, o ELAT/INPE, em parceria com a FIERGS, promoverá em Porto Alegre no dia 12 de setembro um evento no qual estarão presentes autoridades da região, pesquisadores e empresários de diversos setores que, juntos, debaterão o impacto da implantação dessa nova rede nas empresas e na sociedade.

Durante o evento, haverá uma palestra do diretor da BrasilDAT e pesquisador do INPE, Osmar Pinto Junior, que apresentará detalhes técnicos da BrasilDAT e de como acessar suas informações para pesquisa e para diferentes aplicações da sociedade.

As inscrições poderão ser feitas no local do evento, que acontecerá na sede da FIERGS (plenário Mercosul) às 10 horas de quarta-feira (12/9), ou através do email fabio.mantezi@inpe.br


Fonte: Site do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE).

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Janeiro de 2015 Registra Recorde de Focos de Queimadas Detectados Por Satélite

O CLA e Sua Agenda de Lançamentos Até 2022