Portaria da AEB Libera Novos Recursos para IAE

Olá leitor!

O Diário Oficial da União (DOU) do dia (15/06) publicou uma portaria da Agência Espacial Brasileira (AEB), liberando recursos para o Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE) relacionados com a Ação 6704 - Pesquisa e Desenvolvimento em Tecnologias Associadas a Veículos Espaciais. Abaixo segue a portaria como publicada no DOU.

Duda Falcão

AGÊNCIA ESPACIAL BRASILEIRA
PORTARIA Nº 61, DE 14 DE JUNHO DE 2011

O PRESIDENTE DA AGÊNCIA ESPACIAL BRASILEIRA, no uso de suas atribuições que lhe são conferidas pela legislação em vigor, e tendo em vista a delegação de competência outorgada pela Portaria GM/MCT nº 473, de 28 de julho de 2008, e o que consta do Processo Administrativo nº 01350.000033/2011-11, resolve:

Art. 1º. Autorizar a descentralização de crédito e o repasse de recursos para o Instituto de Aeronáutica e Espaço - IAE, UG 120.141, Gestão 00001, no valor de R$ 5.821.334,60 (cinco milhões, oitocentos e vinte e um mil, trezentos e trinta e quatro reais e sessenta centavos), na Ação 6704 - Pesquisa e Desenvolvimento em Tecnologias Associadas a Veículos Espaciais, segundo o que consta do Processo Administrativo supra versado.

Art. 2º. A Diretoria de Transporte Espacial e Licenciamento - DTEL, com o apoio da Diretoria de Planejamento, Orçamento e Administração - DPOA, exercerá o acompanhamento da execução do objeto da presente descentralização, de modo a evidenciar a boa e regular aplicação dos recursos transferidos.

Art. 3º. O órgão executor beneficiário expressamente submeteu-se aos ditames normativos em vigor, e, em especial, ao teor da Portaria Normativa PRE/AEB nº 9, de 29 de janeiro de 2010 e deverá restituir à AEB, até o final do exercício de 2011, os créditos não empenhados e os saldos financeiros.

MARCO ANTONIO RAUPP


Fonte: Diário Oficial da União (DOU) - pág. 23 - 15/06/2011

Comentário: Uma boa notícia para o Programa Espacial Brasileiro e aproveito para ratificar a minha grande confiança de que se depender do Brig. Pantoja, do Brig. Kasemodel (mesmo afastado momentaneamente do IAE, mais ainda no DCTA) e do Cel. Santana Jr., certamente o VLS-1 XVT-01 será lançado como previsto no segundo semestre de 2012, tendo o seu segundo vôo tecnológico, o VLS-1 XVT-02, lançado seis meses após o primeiro. A minha confiança nesses militares é fruto da competência demonstrada pelos mesmos, e pelas suas equipes em suas funções durante todos esses anos junto ao Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE). Assim sendo, o meu reconhecimento a esses profissionais.

Comentários

  1. O programa VLS esta morto e golpe final foi a fusao do INPe e AEB deixando o IAE de lado, a empafia dos militares e seu apego à boa vida no DCTA os impedem de deixar o IAE seguir sua vocação natural de pesquisa.
    Manter servidores do MCT, da carreira de C&T sob o jugo de militares autoritarios e despreparados é a maior prova da falta de autoridade do programa espacial brasileiro e do ministro de ciencia e tecnologia.

    ResponderExcluir
  2. Olá Kerouak!

    Obrigado pela sua participação. Porém amigo, deixe-me discordar de você. O programa do VLS não está morto e nem existe fusão entre INPE e AEB e sim uma atuação de coordenação das atividades do instituto. Algo parecido com o que acontece entre a NASA e o JPL. Quanto ao despreparo dos milistres, permita-me discordar novamente, não existe isso, muito pelo contrário, os profissionais militares que trabalham do DCTA/IAE são muito preparados e prontos para cumprirem sua missão se o governo deixar, coisa que até o momento não aconteceu.

    Abs

    Duda Falcão
    (Blog Brazilian Space)

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Da Sala de Aula para o Espaço

Janeiro de 2015 Registra Recorde de Focos de Queimadas Detectados Por Satélite