Governo Vai à Ucrânia Auditar Programa Espacial

Olá leitor!

Segue abaixo outra matéria postada no final da noite de ontem (16/06) no site do jornal “O Estado de São Paulo” destacando que o presidente da Agência Espacial Brasileira (AEB), Marco Antonio Raupp, irá à Ucrânia no início de Julho auditar o acordo assinado.

Duda Falcão

Política

Governo Vai à Ucrânia
Auditar Programa Espacial

Leandro Colon / BRASÍLIA
O Estado de S.Paulo
16 de junho de 2011 - 23h29

O governo brasileiro decidiu viajar à Ucrânia para concluir a auditoria na execução do programa espacial tocado pelo PSB até março deste ano. O presidente da Agência Espacial Brasileira, Marco Antonio Raupp, viaja no dia 2 de julho com a missão de comprovar se o projeto de lançamento do foguete Cyclone 4 da base de Alcântara (MA) vem sendo cumprido pelos ucranianos. "Vou ver o estágio do foguete e verificar o andamento desses contratos feitos na Ucrânia em relação a equipamentos e componentes", afirmou. A viagem, segundo ele, foi determinada pelo ministro de Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante.

Reportagem do Estado mostrou ontem que o programa espacial do Cyclone 4, orçado em R$ 1 bilhão, está paralisado em meio a uma disputa política entre PSB e PT e falta de dinheiro. Mercadante ordenou que Raupp viaje sem a companhia da direção da Alcântara Cyclone Space (ACS), empresa criada pelos governos de Brasil e Ucrânia em 2007 para desenvolver o projeto de lançamento de satélites comerciais por meio do foguete no Maranhão.

A empresa binacional era dirigida até março pelo vice-presidente do PSB, Roberto Amaral, que deixou o cargo após a chegada de Mercadante. Ao assumir, a presidente Dilma Rousseff cortou os R$ 50 milhões previstos para o programa em 2011 enquanto não for concluída uma auditoria na sua execução.

A ACS faz contratos sem licitação e não presta contas a órgãos como Tribunal de Contas da União e Controladoria-Geral da União. Sem dinheiro, entrou em crise financeira, parando de pagar fornecedores desde abril. "A visita à Ucrânia é o que está faltando nesta análise", disse Raupp. Ele levará diretores da agência espacial na viagem e visitará as duas indústrias contratadas pelo governo da Ucrânia para tocar o projeto.

A viagem também é uma resposta do governo brasileiro à postura dos parceiros estrangeiros de não cumprirem o aporte de 50% dos recursos no programa espacial. O Brasil já transferiu R$ 218 milhões, enquanto a Ucrânia, R$ 98 milhões. "A condução do processo tem que ser equilibrada", disse Raupp.


Fonte: Site do Jornal O Estado de São Paulo - 16/06/2011

Comentário: Sinceramente leitor espero que não seja jogo de cena, pois se for feita uma auditoria com a seriedade necessária (e não tenho dúvida que o Raupp fará, a minha dúvida está no que o ministro Mercadante e a presidente DILMA farão com as informações coletadas nessa auditoria) certamente se encontrará irregularidades nessa mal engenhada empresa Alcântara Cyclone Space (ACS) que em minha opinião jamais deveria ter sido criada.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Da Sala de Aula para o Espaço

Janeiro de 2015 Registra Recorde de Focos de Queimadas Detectados Por Satélite