Universidade do Sul Pede Apoio da AEB Para Abertura de Curso Superior

Olá leitor!

Segue abaixo uma nota postada hoje (16/10) no site da Agência Espacial Brasileira (AEB) destacando que ao prefeito de Santa Maria (RS) e representantes da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) estiveram ontem na sede da agência em Brasília para pedir apoio na abertura do Curso de Engenharia Aeroespacial desta universidade.

Duda Falcão

Universidade do Sul Pede Apoio da AEB
Para Abertura de Curso Superior

Coordenação de Comunicação Social/AEB


Brasília 16 de Outubro O prefeito da cidade gaúcha de Santa Maria, Cesar Schirmer, e representantes da universidade federal da cidade (UFSM) visitaram a Agência Espacial Brasileira (AEB), nesta terça-feira (15). Na oportunidade eles pediram o apoio da instituição para fortalecer e impulsionar o projeto de abertura do curso de Engenharia Espacial na universidade.

Hoje, o país tem seis cursos de engenharia aeroespacial, todos criados nos últimos seis anos. Em 2011, o reitor da UFSM enviou o projeto para a implementação do curso ao Ministério da Educação (MEC) e desde então espera pela avaliação.

“A cooperação da AEB é de extrema importância, pois a abertura do curso contribuirá, nos próximos anos, para atender as demandas de profissionais especializados para trabalhar na área espacial e no segundo polo aeroespacial do país, localizado no Rio Grande do Sul”, explica o diretor do Laboratório de Ciências Espaciais de Santa Maria, Renato Machado.

A implantação do polo espacial no Rio Grande do Sul começou a ser colocada em prática a partir da assinatura do protocolo de intenções entre o governo estadual e a empresa AEL Systems, de Israel. O acordo visa a auxiliar o país no desafio de se tornar menos dependente de tecnologias estrangeiras.

“Investimentos como da UFSM atendem as finalidades do Programa Espacial Brasileiro. O projeto procura despertar novos interesses e criar novas oportunidades que impulsionam as atividades especiais, por isso vamos nos mobilizar e apoiar a iniciativa da universidade”, afirma o diretor de satélites da AEB, Carlos Gurgel Veras.

A AEB recebeu dos visitantes convite para conhecer as instalações e os laboratórios da universidade bem como para também participar da inauguração do Santa Maria Tecnoparque, em dezembro próximo.


Fonte: Agência Espacial Brasileira (AEB)

Comentários

  1. Menos mal. Quem sabe seja melhor mesmo se o Brasil começar a formar e exportar mão de obra nessa área, pois o nosso PEB, já está sendo chamado de Piada Espacial Brasileira e a continuar nesse ritmo sem ninguém se importar, em breve vai virar pó.

    Aqui, esses futuros novos formandos não vão ter onde trabalhar.

    É triste mas é verdade.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Da Sala de Aula para o Espaço

O CLA e Sua Agenda de Lançamentos Até 2022