O Brasil sem Espaço


Olá leitor!

Segue abaixo uma pequena nota publicada hoje 07/02 no “Jornal do Brasil” destacando que apesar do Brasil fazer parte do seleto grupo de oito países signatários de programas espaciais o mesmo corre o risco de perder espaço para outros países devido à falta de um maior apoio político e financeiro por parte do governo brasileiro.

Duda Falcão

O Brasil sem Espaço

Leandro Mazzini
Jornal do Brasil
07/02/2010


Embora faça parte do seleto grupo de oito países signatários de programas espaciais, o Brasil corre o risco de perder o espaço, literalmente. O governo reduziu o orçamento do programa espacial de lançamento de satélites este ano para R$ 353 milhões. Ano passado, foram R$ 415 milhões. Outros dois países do chamado BRICinvestem pesado – a China tem mais de US$ 1 bilhão e planeja vôos tripulados à Lua. A Índia conta com orçamento de US$ 800 milhões para este ano e a agência espacial tem em caixa outros US$ 2 bilhões. Outro problema são os atrasos no cronograma na Base de Alcântara (MA) na parceria com a Ucrânia, com dificuldades para concluir o foguete Cyclone IV.

Entraves Ainda contribuem para o desleixo do país com o projeto a demora em licenças ambientais da área e a briga dos quilombolas que lutam pela titularidade de terra na área da base.


Fonte: Jornal do Brasil - 07-02-2010

Comentário: A informação de que o governo investiu R$ 415 milhões ano passado no PEB, para mim é nova e surpreendente, pois o que se sabe é que o investimento ficou próximo aos R$ 300 milhões e até hoje não superou esse patamar. Quanto ao valor que será investido esse ano segundo essa notícia, também não confere, pois o que foi anunciado era que o mesmo seria em torno de R$ 293 milhões. A única coisa que realmente confere nessa notícia é o total descaso do governo para com esse importante e necessário programa para o Brasil.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial