Especialistas Cobram Decisão Sobre Programa Espacial


Olá leitor!

Segue abaixo uma notícia postada hoje (24/02) no site da “Agência Senado” destacando que especialistas que participaram da audiência pública agora pela manhã na “Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática (CCT)” do Senado para discutir a importância da empresa binacional "Alcântara Cyclone Space (ACS)" cobraram uma decisão sobre domínio do espaço aéreo brasileiro.

Duda Falcão

COMISSÕES / Ciência e Tecnologia

Especialistas Cobram Decisão Sobre
Domínio do Espaço Aéreo Brasileiro

24/02/2010 - 10h52

O diretor-geral brasileiro da empresa Alcântara Cyclone Space (ACS), Roberto Amaral, disse ser urgente que as autoridades públicas decidam se querem que o Brasil assuma, definitivamente, o domínio sobre seu espaço aéreo, ou se aceitará que outros países desempenhem essa função.

- Nosso país precisa decidir se vai cuidar de si próprio ou se vai ceder o controle de seu espaço aéreo para outros países. Essa é uma decisão crucial, estratégica e política e terá que ser enfrentada - avaliou o especialista, perante os senadores da Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática (CCT).

Ele citou a importância estratégica de um programa de controle do espaço aéreo para as áreas de comunicação, segurança nacional, meteorologia, pesquisa, entre outras.

Também presente ao debate na CCT, o presidente da Agência Espacial Brasileira (AEB), Carlos Ganem, frisou que faltam políticas claras no país para o controle do espaço aéreo. Para ele, o domínio do espaço aéreo é fundamental para o desenvolvimento do país, em termos econômicos e também em áreas como comunicação, educação à distância e realização de cirurgias com monitoramento remoto, por exemplo.

- Brasil parece ter medo de exercer um protagonismo na exploração do espaço aéreo. Não temos políticas, as prioridades foram ignoradas, em nome de atividade econômica localizada - criticou ele, referindo-se ao avanço da indústria da construção civil em torno da base de Alcântara, no Maranhão.


Fonte: Site da Agência Senado

Comentário: Como previsto pelo blog anteriormente (veja a nota CCT Realiza Audiência Pública para Debater a ACS) foi realizada ou ainda está sendo realizada essa audiência pública na CCT do Senado em Brasília com a participação do senhor Roberto Amaral da ACS e do senhor Carlos Ganem da AEB. A “Agência Senado” foi a primeira a se pronunciar sobre o que esta ou estava acontecendo prometendo trazer maiores notícias mais tarde. Vamos aguardar. Quanto à notícia em si, mais chororó dos senhores citados que apesar de estarem certos quanto à necessidade de uma decisão política se o Brasil quer ou não quer ter um programa espacial, não pode se esquecer que as suas administrações junto aos seus órgãos são desastrosa no caso da ACS e extremamente ineficiente no caso da AEB.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Da Sala de Aula para o Espaço

O CLA e Sua Agenda de Lançamentos Até 2022