IBAMA Aprova Audiência Pública Realizada em Alcântara


Olá leitor!

Segue abaixo uma notícia postada hoje (05/02) no site da Alcântara Cyclone Space, destacando que IBAMA ficou satisfeito com a primeira Audiência Pública da ACS realizada em Alcântara dia 18 de dezembro de 2009.

Duda Falcão

Audiência Pública de Alcântara é Aprovada pelo IBAMA

05/02/2010

A Audiência Pública realizada e coordenada pelo IBAMA para validar o Estudo de Impacto Ambiental (EIA) da ACS, ocorrida em 18 de dezembro de 2009, em Alcântara, contou com a presença de aproximadamente 400 pessoas. Foram apresentados os resultados do EIA que podem ser verificados com a chegada da Alcântara Cyclone Space (ACS) a Alcântara.

Alguns impactos positivos precisam ser potencializados, por meio de ações junto à população de Alcântara e às comunidades quilombolas de Mamuna, Baracatatiua e Brito, impactadas diretamente pelo empreendimento. Aqueles que precisam ser mitigados por meio dos Planos Básicos Ambientais (PBAs) serão detalhados na próxima fase do processo de obtenção do Licenciamento Ambiental.

Moradores das comunidades de descendentes de quilombolas, representantes da sociedade alcantarense, representantes dos poderes públicos municipal, estadual e federal, integrantes de Organizações Não Governamentais, de sindicatos e estudantes de São Luís assistiram aos esclarecimentos prestados pela ACS.

Todos os participantes puderam entender melhor e com detalhes o que é a empresa, quais as atividades a serem realizadas em Alcântara com a chegada do empreendimento e quais os impactos decorrentes dessa chegada. A imprensa local e nacional também acompanhou a Audiência.

Após o encontro, o IBAMA agendou uma nova Audiência Pública, desta vez em São Luís, que ocorreu em 21 de Janeiro.


Fonte: Site da Alcântara Cyclone Space (ACS)

Comentário: Fazer o que? Dizer o que? Lamentar o desastre que se avizinha.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Da Sala de Aula para o Espaço

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial