IEAv e os EUA Desenvolvem Novo Conceito de Propulsão


Olá leitor

Na contínua busca pela notícia venho agora falar numa parceria envolvendo a Equatorial Sistemas - (Instituição Interveniente), a Fundação de Ciência, Aplicações e Tecnologia Espaciais - (Instituição Proponente), o Instituto de Estudos Avançados (IEAV) - (Instituição Executora) com o Laboratório da Força Aérea Americana (Air Force Research Laboratory) dos EUA para o desenvolvimento de estudos de um conceito futuro de propulsão muito importante para o Programa Espacial Brasileiro e que já foi abordado aqui no blog (veja a nota Brasil/EUA - Programa de Parceria em Propulsão a Laser).

Trata-se do desenvolvimento de um Laser de CO2 pulsado, com energia de 150 J por pulso, além do projeto e confecção de um modelo de um veículo satelizador para ensaio no Túnel de Vento Hipersônico Pulsado, T3, visando à investigação experimental do conceito de Propulsão a Laser aplicado à satelitização de nanossatélites. Esse projeto de desenvolvimento foi aprovado pelo Fundo Setorial Espacial - CT Espacial da Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP) e do Ministério de Ciência e Tecnologia (MCT).

O projeto foi iniciado 06/12/2006 com prazo de finalização em 06/12/2009 sendo que o contrato do mesmo foi assinado no valor de R$ 249.400,00.

Duda Falcão


Fonte: Fundação de Estudos e Projetos (FINEP)

Comentário: Na busca pela notícia é sempre bom contar com o apoio de quem a possui e esteja disposto a compartilhar contigo, desde que a mesma tenha uma origem verdadeira. Sendo assim, venho de público agradecer o e-mail enviado a mim pelo leitor Thiago Gomes que possibilitou a realização dessa nota. Obrigado Thiago pela sua gentileza. Quanto ao assunto da notícia, trata-se na realidade do inicio de estudos de um novo conceito de propulsão a laser que esta sendo estudado atualmente por diversos países do mundo e o Brasil não poderia ficar atrás na busca dessa tecnologia. Portanto é louvável o interesse do IEAv em realizar essa parceria com o Air Force Research Laboratory dos EUA, um dos lideres dessa pesquisa no mundo. No entanto, o IEAv esta no momento envolvido no desenvolvimento de uma nova tecnologia bem mais próxima de ser atingida e testada em vôo. Trata-se do desenvolvimento da tecnologia hipersônica de propulsão com ar aspirado que resultará no desenvolvimento da espaçonave 14X (veja a nota 14X - CTA Desenvolve Novo Conceito de Espaçonave) com motor SCRAMJET (contração de Supersonic Combustion Ramjet), ambos totalmente com tecnologia 100% brasileira. Essa espaçonave que visa o lançamento de pequenos satélites em órbita já esta em desenvolvimento (esta sendo testada no Túnel de Vento Hipersônico Pulsado, T3) e deverá voar abordo de um foguete VS-40 modificado em 2012.

Comentários

  1. Fico até surpreso com esta "parceria" entre USA e Brasil no campo da propulsão a laser, com suporte da Força Aerea Americana. Em outros campos, as parcerias na área de alta-tecnologia militar são restritamente controladas pelo congresso americano para que não se passa segredos que possam tirar a primazia americana no setor. Isto é até ratificado pelo Congresso Americano. Será que eles começaram a "terceirizar" as suas pesquisas ? Desconfio da esmola de santo. Ainda mais americano que não gostam de dividir nada com ninguem.

    ResponderExcluir
  2. Olá Ricardo!

    Não fique surpreso não amigo, pois hoje essas parcerias são muito comum entre paises, já que queimam-se etapas e se divide custos, tornado interessante não só para os americanos como também vem sendo com outros projetos que o Brasil tem assinados com outros países. Além do que, como eu disse no meu comentário, são estudos iniciais, pois na realidade ninguém no mundo domina ainda essa tecnologia. É coisa ainda para o ano de 2025 ou além.

    Forte abraço

    Duda Falcão

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial