Grupo de Conselho da Câmara Federal Visita INPE


Olá Leitor!

Segue abaixo uma notícia postada dia 17/08 no site do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) sobre a visita dias 17 e 18/08 do Grupo do Conselho de Altos Estudos e Avaliação Tecnológica (CAEAT), órgão técnico-consultivo vinculado à Mesa da Câmara Federal às instalações do instituto.

Duda Falcão

Conselho de Altos Estudos da Câmara conhece o INPE

17/08/2009

Grupo do Conselho de Altos Estudos e Avaliação Tecnológica (CAEAT), órgão técnico-consultivo vinculado à Mesa da Câmara Federal e responsável pela análise, discussão e prospecção de temas de natureza estratégica para o País, está sendo recebido nesta segunda e terça-feira (17 e 18/8) na sede do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), em São José dos Campos.

O CAEAT atua no desenvolvimento de estudos técnico-científicos relacionados a programas, planos, projetos e ações governamentais com vistas à elaboração de proposições legislativas que resultem em benefícios à sociedade. A visita ao INPE está inserida no projeto “Política Espacial Brasileira” atualmente conduzido pelo CAEAT.

O grupo é composto por Fernando Rocha, Elisabeth Veloso, Paulo Mota, Eduardo Fernandes, Lídia Juras, Raquel Dolabela e Ricardo Chaves. Também acompanham a visita os deputados Emanuel Fernandes e Carlinhos Almeida.

Após reunião com a Direção do INPE na manhã desta segunda-feira, quando foram apresentados os principais projetos e demandas do Instituto, os membros do CAEAT visitam nesta tarde as instalações do Centro de Rastreio e Controle de Satélites (CRC), Laboratórios Associados (CTE), Coordenação de Ciências Espaciais e Atmosféricas (CEA), Coordenação de Observação da Terra (OBT), Laboratório de Integração e Testes (LIT) e Centro de Ciência do Sistema Terrestre (CST).

Na tarde de terça-feira, o grupo irá conhecer as seguintes instalações do INPE em Cachoeira Paulista: Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC) e Laboratório Associado de Combustão e Propulsão (LCP).

Legenda: Membros do CAEAT e da Direção do INPE
Durante Reunião na Manhã desta Segunda-Feira.


Fonte: Site do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)

Comentário: Todo movimento que busque um melhor planejamento e uma política mais condizente com as necessidades e objetivos do PEB sempre será bem vinda e necessária, desde que seja conduzida com seriedade, objetividade e visão administrativa, sem se esquecer é claro, de se estabelecer meios para que os recursos financeiros visando à realização desses mesmos objetivos, tenham sempre o suporte político necessário.

Comentários

  1. Diga-se de passagem, conhecer o programa espacial brasileiro é OBRIGAÇÃO de todo político de nível nacional com Deputados Federais, Senadores, Ministros e obviamente o Presidente da República. Conhecer e ajudar também.

    ResponderExcluir
  2. É isso aí Ricardo, “OBRIGAÇÃO”, já que é um programa estratégico de extrema relevância para o país.

    Abs

    Duda Falcão

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Da Sala de Aula para o Espaço

O CLA e Sua Agenda de Lançamentos Até 2022