INPE Realiza Curso para Área de Saúde Pública


Olá leitor!

Segue abaixo uma nota postada hoje 19/08 no site do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) destacando um “Curso de Introdução às Abordagens Espaciais em Saúde Pública” que será ministrado neste sábado (22/8) no Campus Urbanova da Universidade do Vale do Paraíba (UNIVAP), em São José dos Campos (SP).

Duda Falcão

INPE Apresenta Técnicas de Abordagens Espaciais
Voltadas para Saúde Pública

19/08/2009

Coordenador do Programa Espaço e Sociedade do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), Antonio Miguel Vieira Monteiro ministra curso de Introdução às Abordagens Espaciais em Saúde Pública neste sábado (22/8) no Campus Urbanova da Universidade do Vale do Paraíba (Univap), em São José dos Campos (SP).

O curso integra a programação do 11º Congresso Paulista de Saúde Pública, e irá apresentar conceitos de técnicas de abordagens espaciais e seus potenciais usos na saúde pública, exemplificados na operacionalização de um sistema de domínio público desenvolvido pelo INPE (Terraview). Devem participar profissionais da área da saúde envolvidos com planejamento, epidemiologia e análises situacionais.

Ainda no 11º Congresso Paulista de Saúde Pública, o pesquisador do INPE participa de um painel no dia 24, às 14h30, com o tema “Saúde, política e território: a racionalidade técnica e a racionalidade política para uma regionalização efetiva”. Mais informações sobre a programação do 11º Congresso Paulista de Saúde Pública no site www.congressoapsp.com.br

Espaço e Sociedade

O INPE desenvolveu o aplicativo geográfico TerraView para facilitar a visualização e análise de informações georreferenciadas. O software, construído sobre a biblioteca de componentes geográficos TerraLib, também desenvolvida pelo INPE, possibilita a utilização dos dados espaciais para diversos setores, como segurança pública, gestão urbana, indicadores sociais, saúde pública, geografia e problemas ambientais.

O TerraView manipula dados vetoriais (pontos, linhas e polígonos) e matriciais (grades e imagens) que são armazenados em um sistema de gerenciamento de banco de dados. O software é gratuito, atendendo à política do INPE de ampliar a utilização dos dados espaciais nos diversos setores, de usuários finais a desenvolvedores de soluções customizadas.

Com o Programa Espaço e Sociedade, que utiliza ferramentas como o TerraView, o INPE está colocando as tecnologias de informação espaciais em benefício de setores como saúde pública, gestão urbana, indicadores sociais, segurança pública e problemas ambientais. O TerraView é gratuito, atendendo à política do INPE de ampliar a utilização dos dados espaciais na sociedade.


Fonte: Site do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)

Comentário: Esse é mais um bom exemplo para sociedade brasileira dos ganhos que são alcançados por uma nação que decide investir em atividades espaciais. E a Saúde Pública no Brasil não poderia deixar de colher os benefícios provenientes de uma ferramenta tecnológica de ponta com essa. É muito gratificante perceber que com muita competência o INPE vem colocando tecnologias de informações espaciais em benefício de setores como a saúde pública, buscando assim solucionar os problemas vividos por nossa sociedade. Parabéns ao INPE.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial