quarta-feira, 29 de julho de 2009

O Globo Noticia Construção de Suposta Terceira Base


Olá leitor!

Segue abaixo uma nota postada hoje 29/07 no blog “Panorama Espacial” do companheiro jornalista André Mileski sobre uma pequena notícia que saiu no jornal “O Globo” sobre uma suposta decisão do governo federal de abrir um novo centro espacial no estado do Ceará, por causa do imbróglio com os quilombolas no Centro de Lançamento de Alcântara (CLA).

Duda Falcão

Novo Centro Espacial no Ceará?

Na edição de hoje do jornal carioca O Globo, há uma pequena notícia sobre uma suposta decisão do governo federal de abrir um novo centro espacial no estado do Ceará, por causa do imbróglio com os quilombolas no Centro de Lançamento de Alcântara (CLA). De acordo com a notícia, o VLS continuaria no CLA. Há algumas semanas, Roberto Amaral, diretor da Alcântara Cyclone Space afirmou que a binacional ucraniano-brasileira permanecerá em Alcântara.

Por lógica, se o VLS (e provavelmente os foguetes de sondagem) e o Cyclone 4 ficam em Alcântara, é possível que a Agência Espacial Brasileira (AEB) trabalhe com a hipótese de construir um novo centro espacial para futuros projetos de lançadores, algo, diga-se de passagem, ainda muito preliminar e distante.

Vale a pergunta: realmente existe a necessidade de três centros espaciais para o Programa Espacial Brasileiro? Dizem que quem quer ter tudo, acaba não tendo nada...


Fonte: Blog Panorama Espacial - André Mileski

Comentário: Essa novela já se arrasta há talvez um mês ou mais, sem qualquer posição por parte da pessoa que dará a palavra final sobre esse assunto, ou seja, o presidente Luis Inácio Lula da Silva. Já se falou em aumentar o CLA (segundo o Ministro da Defesa Nelson Jobim), já se falou em construir um novo centro em algum lugar no Pará (segundo o presidente da AEB Carlos Ganem), já se falou em criação de área de segurança nacional visando à manutenção do CEA em Alcântara (segundo a revista VEJA), a ACS já se posicionou dizendo que não sai de Alcântara (segundo o diretor da parte brasileira da empresa, Roberto Amaral) e agora essa nota do jornal “O Globo” com a opção da construção de um novo centro no Ceará. Sinceramente o presidente da república precisa urgentemente se posicionar se será finalmente construído ou não um terceiro centro de lançamento. Fica a pergunta já feita pelo companheiro André Meliski em sua nota: Existe a necessidade de três centros espaciais para o Programa Espacial Brasileiro? Com a palavra o Presidente Lula.

Nenhum comentário:

Postar um comentário