Empresas Estratégicas de Defesa

Olá leitor!

Segue abaixo uma nota postada hoje (10/11) no blog “Panorama Espacial” do companheiro jornalista André Mileski destacando a possível edição pelo “Poder Executivo” de um decreto regulamentador relacionado com a Política Nacional da Indústria de Defesa (PNID), diretamente ligada à Estratégia Nacional de Defesa (END).

Duda Falcão

Empresas Estratégicas de Defesa

10/11/2010

Nos bastidores dos setores aeroespacial e de defesa, além da possível criação do Comitê Gestor de Atividades Espaciais (CGAE) (ver a postagem "Reestruturação do Programa Espacial Brasileiro?") outro assunto tem sido bastante comentado: a possível edição pelo Poder Executivo de decreto regulamentador acerca da Política Nacional da Indústria de Defesa (PNID), relacionada à Estratégia Nacional de Defesa (END).

No caso da PNID, a grande novidade talvez seja a adoção de alguma forma de restrição ao capital estrangeiro em empresas estratégicas de defesa (a rigor, considerando o tratamento dado pela END ao setor espacial, indústrias desse ramo poderão também ser classificadas como estratégicas para fins de defesa nacional).


Fonte: Blog “Panorama Espacial“ - André Mileski

Comentário: Mais uma notícia que no traz o companheiro jornalista André Mileski nos deixando esperançosos de realmente haver uma mudança positiva nos rumos do nosso programa espacial. No entanto, prefiro aguardar os acontecimentos antes de aceitar essas notícias como algo de real valor, já que o poder público brasileiro é conhecido pela sua histórica incompetência administrativa, seja por interesses outros não tão nobres, blá-blá-blá político, ineficiência administrativa, falta de interesse ou mesmo ingerência política desastrosa. Pago pra vê.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial