Representante de Grupo Francês Visita a Agência Espacial

Olá leitor!

Segue abaixo uma nota postada dia (23/11) no site da Agência Espacial Brasileira (AEB), destacando que o representante do grupo francês Safran do Brasil, Michel Provost, e o professor da Faculdade de Tecnologia da Universidade de Brasília (UnB), Antônio Brasil, estiveram em visita à sede da Agencia em Brasília.

Duda Falcão

NOTÍCIAS

Representante de Grupo Francês
Visita a Agência Espacial

Coordenação de Comunicação Social – CCS
Publicado em: 23/11/2018 - 18h08
Última modificação: 23/11/2018 - 18h16


O presidente substituto da Agência Espacial Brasileira (AEB), Carlos Alberto Gurgel, recebeu a visita do diretor internacional do grupo francês Safran do Brasil, Michel Provost, e do professor da Faculdade de Tecnologia da Universidade de Brasília (UnB), Antônio Brasil, na manhã de quarta-feira (21.11). Parceiro industrial e tecnológico das indústrias e do governo brasileiro, o grupo colocou-se à disposição da AEB e do Programa Espacial em um acordo amplo que já mantém com a universidade, desde 2015, além de relatar o sucesso da parceria.

O acordo do Safran com a UnB envolve todo um processo de desenvolvimento de pesquisa aplicada na área aeroespacial e aeronáutica. “Esse acordo visa um desenvolvimento de aspecto amplo de assuntos nos quais a UnB está trabalhando ao longo dos últimos cinco anos. Queremos agora maior abertura em outras temáticas e esse é o objeto específico do Safran, nesse acordo que envolve diretamente todos os laboratórios da Tecnologia da UnB, alunos de pós-graduação e de graduação”, afirmou Michel.

O Grupo apoia ativamente as iniciativas do governo brasileiro para a educação e inovação e busca promover a excelência e mobilidade internacional de jovens engenheiros e pesquisadores do Brasil, por meio de convênios com as universidades. Com a AEB e o Airbus Defence and Space, o grupo trabalha também na elaboração de um programa para os estudantes do setor espacial. Várias empresas do grupo já estabeleceram outros acordos de cooperação e pesquisa com universidades brasileiras, entre elas a Universidade de São Paulo (USP), Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), entre outras.

Questionado como acontece essa parceria, Michel afirmou que o grupo se aproxima do meio acadêmico, pois na França existe uma orientação muito forte, já é cultural, por isso 12% do faturamento da empresa são aplicados em pesquisa de desenvolvimento por meio de uma estrutura chamada de SafranTech.


Fonte: Site da Agência Espacial Brasileira (AEB)

Comentário: Pois é, para quem não entendeu minha pergunta sobre o Sr. Braga Coelho no comentário anterior, tá ai. Onde será que foi parar o Sr. Braga Coelho? Não estava na sede da Agencia por questões pessoais, havia saído para alguma reunião no MCTIC, ou está viajando por algum lugar do mundo as nossas custas? Enfim...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Rússia Oferece ao Brasil Assistência no Desenvolvimento de Foguetes