A Cyclone Space e o Futuro

Olá leitor!

Segue abaixo o editorial publicado hoje (30/05) no jornal “O Estado do Maranhão”, destacando a reportagem sobre a ACS realizada pela jornalista Bruna Castelo Branco e publicada ontem neste jornal (veja a nota anterior).

Opinião

Editorial

A Cyclone Space e o Futuro

O Estado do Maranhão
30/05/2011

A reportagem publicada ontem por O Estado, com informações exclusivas obtidas pela repórter Bruna Castelo Branco, revela que em breve o município de Alcântara estará definitivamente transformado em um dos mais importantes pólos mundiais de lançamento de foguetes. Isso porque, além da megaestrutura do Centro de Lançamento de Alcântara (CLA), começa a ganhar forma o complexo a ser implantado pela Alcântara Cyclone Space, uma empresa formada com recursos do Brasil e da Ucrânia.

Os dois programas de investimentos em atividades espaciais nada têm um a ver com o outro. Mas suas estruturas e seus projetos se fundem no fato de que os dois funcionarão lado a lado no mesmo território. E essa proximidade decorre do fato, já sobeja e mundialmente conhecido, de que Alcântara é, de longe, o melhor local do planeta para o lançamento de foguetes. Essa situação gera a convicção de que os dois empreendimentos estão destinados ao sucesso, o que é dito e repetido em todas as previsões que se fazem sobre eles.

Alcântara é, de
longe, o melhor local
do planeta para o
lançamento de
foguetes

A Alcântara Cyclone Space surgiu de uma ampla negociação com a Ucrânia, uma ex-república soviética e que acumulou Know how e tecnologia espacial como poucos países. Os laboratórios e centros de estudos da Ucrânia produziram a base científica e tecnológica do programa espacial da então União Soviética. Tanto que hoje figura no cenário da corrida espacial com um portfólio que inclui 67 sistemas de satélites e 12 sistemas de lançamentos espaciais, incluído uma série de mísseis balísticos intercontinentais. Entre os foguetes produzidos pelos ucranianos estão os da família VLs, como o Kosmos, o Zenit e o Cyclone.

A Alcântara Cyclone Space é uma empresa comercial. Sua atividade será produzir e lançar foguetes mediante contratação de governos, centro de pesquisas e indústrias. A experiência acumulada, as informações armazenadas pela equipe brasileira e as condições do centro de lançamentos lhe dão as condições ideais para entrar firme e com amplas chances de sucesso no mercado mundial de lançamento de artefatos espaciais, hoje restrito a poucos países. A associação do Brasil com a Ucrânia dá à empresa a vantagem de puder atuar fortemente no mercado ocidental e participar com destaque na corrida espacial para o espaço.

A revelação, ontem, em primeira mão, de como a Alcântara Cyclone Space se instalará no município de Alcântara dá uma idéia clara de sua dimensão. Claro está, agora, que não se trata de um empreendimento tímido. Ao contrário, o que foi mostrado é uma estrutura de grande porte, para abrigar uma atividade cujo o futuro é o infinito do cosmos. Com a ventura de ter o Maranhão o privilégio de abrigá-la.


Fonte: Jornal O Estado do Maranhão - pág. 04 - 30/05/2011

Comentário: Já falei demais sobre o que penso sobre esse assunto. Gostaria de agradecer uma vez mais ao leitor maranhense Edvaldo Coqueiro (grande colaborador do blog) por ter enviado esse editorial.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial