INPE Apresenta Agenda de Divulgação e Novo Formato dos Dados do DETER

Olá leitor!

Segue abaixo uma nota publicada hoje (28/11) no site do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), destacando que o instituto apresentou agenda de divulgação e novo formato dos dados do DETER.

Duda Falcão

INPE Apresenta Agenda de Divulgação e
Novo Formato dos Dados do DETER

Sexta-feira, 28 de Novembro de 2014

Desde 2004, o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) divulga na página www.obt.inpe.br/deter os mapas de alertas de desmatamento e degradação florestal produzidos pelo seu Sistema de Detecção de Desmatamento em Tempo Real – DETER.

Este sistema foi concebido para fornecer informação estratégica ao IBAMA sobre localização e indicativo de área de evidências de eventos de desmatamento por corte raso e de degradação florestal, verificados através da análise de dados do sensor MODIS de alta frequência de observação e com resolução espacial moderada (250 m).

As divulgações públicas do DETER têm sido feitas mensalmente de maio a outubro e bimensalmente de novembro a abril, sempre com um mês de atraso após o período de observação para que o IBAMA possa ter a discrição de uso exclusivo destes dados e obter uma vantagem estratégica em suas atividades de fiscalização de desmatamento ilegal na Amazônia.

No entanto, o IBAMA solicitou ao INPE que este cronograma fosse alterado porque a divulgação dos mapas do DETER, mesmo com um mês de atraso, está dificultando a instrução de inquéritos sobre atividades ilícitas de desmatamento que requerem tempo maior que um mês para serem concluídos. O IBAMA percebeu que os dados do DETER estavam sendo utilizados pelos agentes que realizam os desmatamentos ilegais para se prevenir contra os inquéritos, inclusive pondo em risco a integridade física de seus fiscais.

Diante desta demanda, o INPE e o IBAMA firmaram em novembro um Acordo de Cooperação Técnica que prevê um novo cronograma de divulgação, de agora em diante trimestral e com a divulgação dos dados em duas etapas. Ao fim do mês seguinte de cada trimestre estabelecido as estatísticas de Alertas serão divulgadas discriminadas mês a mês junto com mapas de intensidade de desmatamento agregados em uma grade regular de 50 km X 50 km e em unidades censitárias. Deste modo o INPE fornecerá para a sociedade e a academia material gráfico para visualizar e analisar a distribuição da intensidade de alertas. Os mapas mensais com os polígonos de Alertas discriminados individualmente se tornarão públicos na divulgação do trimestre seguinte. Serão mantidas também as divulgações do mapa de cobertura de nuvens para informar onde não foi possível a observação da superfície, e do relatório de validação dos alertas sempre que este for permitido pela disponibilidade de imagens de resolução da ordem de 20-30 m.

Na tabela abaixo, o novo cronograma de divulgação dos dados do DETER.

Trimestre
 Divulgação de Relatórios e Mapas em formato agregado
Divulgação do Mapa de Alertas DETER
Ago-Set-Out
Nov
Fev
Nov-Dez-Jan
Fev
Mai
Fev-Mar-Abr
Mai
Ago
Mai-Jun-Jul
Ago
Nov

O acordo também prevê que, nos meses em que a validação dos alertas for feita com amostragem significativa, as estatísticas de alertas sejam discriminadas em estimativas de áreas de corte raso, de degradação florestal e de falsos positivos.


Fonte: Site do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Operação CRUZEIRO: Primeiro Ensaio em Voo de um Motor Aeronáutico Hipersônico Brasileiro

Janeiro de 2015 Registra Recorde de Focos de Queimadas Detectados Por Satélite