Imagens Mostram Robô PHILAE Voando Sobre Cometa

Olá leitor!

Segue abaixo uma nota postada ontem (17/11) no site “Inovação Tecnológica” dando destaque as imagens que mostram a módulo espacial europeu PHILAE da Agência Espacial Europeia (ESA) voando sobre o cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko.

Duda Falcão

PLANTÃO

Imagens Mostram Robô PHILAE
Voando Sobre Cometa

Redação do Site Inovação Tecnológica
17/11/2014

[Imagem: ESA/Rosetta/MPS for OSIRIS Team]
A localização final do robô PHILAE ainda não é
conhecida e não aparece nesta imagem.

Surfando no Cometa

Esta incrível sequência de imagens mostra a jornada do robô PHILAE conforme ele se aproxima e quica depois do primeiro toque na superfície do cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko, no último dia 12 de Novembro.

O mosaico abrange uma série de imagens capturadas pela câmera OSIRIS, a bordo da Sonda Rosetta, ao longo de um período de 30 minutos.

As imagens foram feitas quando a sonda estava a 17,5 km do centro do cometa, ou cerca de 15,5 km da sua superfície. Elas têm uma resolução de 28 centímetros/pixel, e os detalhes são ampliações com 17 x 17 m.

A imagem obtida após a primeira aterragem, às 15:43 GMT (13:43 no horário de Brasília), confirma que a sonda estava se movendo rumo leste, como sugerido pelos dados retornados pelo experimento CONSERT, mas estava a uma velocidade de cerca de 50 centímetros por segundo (cm/s) - mais do que os 38 cm/s calculados previamente.

Localização Desconhecida

A localização final do robô PHILAE ainda não é conhecida e não aparece nesta imagem.

Quando ele foi visualizado pela última vez, às 14:43 GMT (último quadro, no canto superior direito), o módulo ainda estava "voando". Ele bateu novamente no solo às 17h25 GMT, e depois pousou definitivamente às 17:32 GMT.

A equipe da ESA está confiante de que a combinação dos dados de telemetria do experimento CONSERT e as imagens do OSIRIS e de outras câmeras da sonda Rosetta permitirão revelar a localização do PHILAE nas próximas semanas.

Como pousou em uma área com pouca luz do Sol, o PHILAE completou sua missão científica usando suas baterias. Os engenheiros esperam que, conforme o cometa se aproxime do Sol, as condições de luz melhorem e o robô possa voltar a funcionar.

Pedra Suja

Os cientistas ainda estão analisando os dados recebidos do PHILAE, e a única informação disponível até agora é que um dos experimentos, que deveria perfurar o solo do cometa para recolher amostras, quebrou quando foi acionado.

O experimento foi projetado para perfurar gelo, já que as teorias afirmavam que cometas eram "bolas de gelo sujo". Mas o material do 67P é muito mais duro, com a consistência similar às rochas do tipo arenito da Terra.

O gelo ainda não deu o ar da graça e as fotos mostram que o 67P é de fato uma "pedra suja", confirmando que cometas são mais parecidos com asteroides do que as teorias previam.



Fonte: Site Inovação Tecnológica - http://www.inovacaotecnologica.com.br/

Comentários

  1. É realmente fantástico o que a tecnologia de hoje já nos proporciona.

    Imagens incríveis...

    "Audaciosamente indo onde nenhum homem jamais esteve" !!!

    Não resisti...

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Operação CRUZEIRO: Primeiro Ensaio em Voo de um Motor Aeronáutico Hipersônico Brasileiro

Janeiro de 2015 Registra Recorde de Focos de Queimadas Detectados Por Satélite