CLBI Recebe Prêmio Nacional de Qualidade

Olá leitor!

Segue abaixo uma nota postada ontem (14/11) no site da Agência Espacial Brasileira (AEB) destacando que o Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (CLBI) recebe Prêmio Nacional de Qualidade.

Duda Falcão

CLBI Recebe Prêmio Nacional de Qualidade

Coordenação de Comunicação Social (CCS-AEB)

Foto: Valdivino Jr/AEB
Maurício Lima de Alcântara, comandante do CLBI,
que recebe o prêmio em São Paulo.

Brasília, 14 de novembro de 2014 – O Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (CLBI), em Natal (RN), recebe na segunda-feira (17), o Prêmio Qualidade Brasil 2014. A premiação promovida anualmente pela Associação Prêmio Qualidade Brasil (APQB) objetiva promover a certificação de empresas, empresários e personalidades como reconhecimento à qualidade de seus serviços e produtos.

Dentre os premiados, destacam as empresas com grandes investimentos na área de controle e gerenciamento de qualidade dos serviços, ambiental e segurança do trabalho. Os agraciados recebem autorização para utilizar o selo do PQB, além da certificação e um troféu. Este ano, a 37ª edição da premiação ocorre no Clube Sírio Libanês, em São Paulo.

No Brasil, o PQB atua desde 1977 e pretende incentivar a qualidade em todos os níveis, premiando empresas com destaque na Gestão de Qualidade e resultado final junto ao mercado consumidor.


Fonte: Agência Espacial Brasileira (AEB)

Comentários

  1. Bom, em um outro post, eu questionei sobre as "notícias relevantes" publicadas nas páginas de notícias de várias das instituições ligadas ao PEB, e o meu questionamento, foi também questionado (como eu sempre espero), alguns concordando, outros discordando.

    Essa notícia no entanto, apesar de a meu ver se enquadrar no contexto, me chamou a atenção por um outro aspecto.

    Extraí do site do Prêmio Qualidade Brasil, o seguinte trecho:

    "São selecionadas empresas dos mais variados segmentos de mercado, sendo uma empresa em cada setor de atividade, não podendo haver concorrentes diretos no mesmo ano de premiação na mesma localidade. O P.Q.B. também pode ser entregue a pessoas físicas em reconhecimento ao seu trabalho".

    Então quer dizer que o CLBI, por algum motivo foi considerado como uma empresa para receber esse prêmio.

    Eu não sou especialista no assunto, mas parece que nem o CLBI, nem o CLA, nem o INPE, nem o IAE, podem ser considerados como empresas. Afinal, tambem até onde eu sei, nenhum deles visa lucro apesar de não ser empresa sem fins lucrativos e sequer tem balanço. Se tem gostaria de saber onde é publicado.

    Alguém aí sabe explicar como todos esses institutos e bases de lançamento podem ser realmente qualificados?

    Fiquei curioso.

    E se alguém tiver curiosidade de saber como funciona realmente um centro de lançamentos como empresa, vejam o demonstrativo financeiro e os objetivos declarados de retorno de capital e dividendos do Grupo SSC (Swedish Space Corporation), ao qual o Centro de Lançamento de Esrange pertence, e cujas ações são todas controladas pelo governo Sueco.

    Esse é o motivo daquele centro "vender" vários lançamentos para outros países, para gerar lucro e se sustentar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Marcos!

      Você levantou aqui uma questão interessante. Vamos vê se alguém com procedência e competência pode responde-la.

      Abs

      Duda Falcão
      (Blog Brazilian Space)

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Ouviu o Barulho no Céu? Entenda o Fenômeno Que Assustou os Brasileiros no Último Final de Semana

Operação CRUZEIRO: Primeiro Ensaio em Voo de um Motor Aeronáutico Hipersônico Brasileiro