Rio Grande do Norte Ganhará Laboratório de Gravidade


Olá leitor!

Segue abaixo uma notícia publicada dia (13/12) pelo “Jornal Diário de Natal” destacando que o estado do Rio Grande do Norte ganhará um laboratório de gravidade.

Duda Falcão

Ciências

RN Terá Laboratório de Gravidade

13/12/2009

Sílvia Batistuzzo é doutora em biologia molecular e seu projeto trará ao estado o primeiro laboratório do Nordeste de variações de gravidade. Isso será possível com o aporte financeiro garantido pelo Instituto Nacional de Ciências do Espaço (INEspaço), cuja coordenação geral é do astrônomo potiguar José Renan de Medeiros.

Os recursos permitirão a aquisição de um clinostat, espécie de centrífuga que simula situações de micro e hipergravidade. "A idéia é acessar essa bactéria em situações de estresse e observar se esses genes são expressos", reforçou Sílvia.

Organismo pode servir de matéria-prima para a composição
de produtos capazes de degradar o plástico

No Espaço

Ela abre a possibilidade de enviar a bactéria ao espaço caso haja resultados satisfatórios. "O uso das diferentes gravidades para se identificar novos genes desta espécie pode contribuir para a descoberta de novas potencialidades biotecnológicas e, conseqüentemente, de novas patentes, como também ampliar o conhecimento da genética desta espécie", disse, complementando que as proteínas diferencialmente expressas serão isoladas e identificadas por espectrometria de massa, em colaboração com a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).


Fonte: Site do Jornal Diário de Natal - 13/12/2009

Comentário: Com a criação do INEspaço e a experiência já adquirida pela UFRN no setor espacial, o Rio Grande do Norte caminha a passos largos para se tornar um dos estados de grande referência nessa área no país. Essa descentralização do desenvolvimento do setor com a criação do ITEMA no Maranhão e as atividades atualmente em curso na UnB e na Universidade de Santa Maria-RS, certamente contribuirão muito para acelerar o desenvolvimento do setor espacial a médio e longo prazo no Brasil.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial