sábado, 5 de dezembro de 2015

Veja na Íntegra o Debate Sobre o PEB Promovido Recentemente pelo SindCT

Olá leitor!

Como anunciado aqui no BLOG anteriormente, o “Sindicato Nacional dos Servidores Públicos Federais na Área de Ciência e Tecnologia do Setor Aeroespacial (SindCT)” promoveu dia 26/11 no Auditório Fernando Mendonça do LIT-INPE, em São José dos Campos (SP), um interessante debate intitulado “Analise e Alternativas para o Programa Espacial Brasileiro”.

Antes de qualquer coisa, vale lembrar que este debate contou com a participação de três dos mais conhecidos profissionais atuantes do Programa Espacial nos últimos 20 anos, ou seja, o Dr. José Nivaldo Hinckel (especialista em Propulsão Espacial aposentado recentemente pelo INPE) e desde o inicio uma das vozes contrarias a assinatura do acordo irresponsável que gerou o desatino chamado ACS (talvez a maior delas), o Dr. José Bezerra Pessoa Filho (especialista em Sistemas Aeroespaciais do IAE e membro da Comissão Organizadora da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica - OBA), e o Dr. Amauri Moraes (Coordenador-Geral do ETE-INPE - Coordenação de Engenharia e Tecnologia Espacial)

Pois bem, com a ajuda da jornalista Shirley Marciano do Jornal do SindCT (ao qual aproveito para agradecer publicamente), trago agora na íntegra para você leitor o vídeo deste debate. Bom, você que é interessado com os rumos do Programa Espacial Brasileiro (PEB), tenha paciência, acomode-se o melhor possível em sua cadeira e se prepare para assistir este vídeo de quase quatro horas.

Duda Falcão

Um comentário:

  1. A CÚPULA DA VERDADE:
    Sinceramente assistir na intriga toda apresentação do debate sobre as análises e alternativas para o PEB. Foi puramente contundente, todas as apresentações. Modéstia parte, queria fazer presença, gritando: SALVE O PEB!!!!! AVANTE BRASIL!!!! A princípio fiquei triste e perplexo!!! No tocante ao ser notado, a inadimplência da plateia que estava diminuta , durante a varredura da câmara, notava-se apenas, as personas realmente interessadas e compromissadas. Não justifica esta falta, onde a presença de todos, do complexo CTA-IAE-INPE, e dentre os outros institutos. Neste momento, que o nosso Brasil está passando, seria de grande valia e importância capital, a presença de todos, para se discutir os rumos do nosso programa. Se não me falte a memória, São José dos Campos, encontra-se , o reduto de importantes personagens e institutos, que fazem verdadeiras proezas científicas. Será que os 80% dessas importantes personagens acomodadas, se preocupam com o Programa Espacial Brasileiro? Era para estar super lotado todo o auditório!! Fica a minha pergunta: Diante de tamanhas verdades explícitas, e argumentos lógicos, como venceremos a cadeia de comando que BURROCRATIZA todos as sistemas científicos produtivos deste país? Onde devemos atuar com mais vigor, para vencermos, no cansaço estes imbróglios que atrasam o nosso tão sofrível PEB?

    ResponderExcluir