segunda-feira, 11 de maio de 2015

Queda de Naves Espaciais é Evento Raro, Diz Diretor da AEB

Olá leitor!

Segue abaixo uma nota postada hoje (11/05) no site da Agência Espacial Brasileira (AEB), destacando que segundo o “Diretor de Satélites, Aplicações e Desenvolvimento da Agência Espacial Brasileira (AEB), Carlos Gurgel”, a queda de naves espaciais é evento raro.

Duda Falcão

Queda de Naves Espaciais é
Evento Raro, Diz Diretor da AEB

MCTI

Foto: Valdivino Jr/AEB
O diretor da AEB Carlos Gurgel.
Brasília, 11 de maio de 2015  A nave russa Progress M-27M reentrou na atmosfera na noite de quinta-feira (7). Segundo o Comando de Defesa Aeroespacial da América do Norte (Norad), dos Estados Unidos, ela se desintegrou no atrito com a atmosfera terrestre.

A nave se desintegrou às 23h20, hora de Brasília. Já a Agência Espacial Russa (Roscosmos) disse que a destruição da nave ocorreu sobre o Oceano Pacífico, às 23h04, horário de Brasília.

O diretor de Satélites, Aplicações e Desenvolvimento da Agência Espacial Brasileira (AEB), Carlos Gurgel, explica que o modelo da nave é projetado para se desintegrar no retorno a Terra, a chamada entrada controlada.

“É muito improvável um pedaço maior ‘sobreviver’ a esse momento de reentrada, em que o atrito com o ar gera pressão e temperaturas altíssimas. O material estrutural das naves, embora pareça robusto, é muito leve”, comenta Gurgel. A unidade levava suprimentos para a Estação Espacial Internacional (ISS) e perdeu contato com o centro de controle.

“O transporte de suprimentos para a ISS é um procedimento corriqueiro”, diz. “Há astronautas que permanentemente ocupam a Estação. Eles precisam de água, oxigênio e alimentos. Além disso, é um trabalho muito voltado à realização de experimentos, que precisam ser levados para lá.”

Além da Rússia, Estados Unidos e Japão enviam regularmente cargueiros ao espaço. Essas missões, ao retornar, trazem o lixo gerado na ISS.

Testes - Segundo o diretor, missões como a da M-27M envolvem uma grande quantidade de testes prévios e seu nível de confiabilidade (a probabilidade de sucesso) costuma ficar acima de 99%.

“As informações, ainda não conclusivas, são de que ocorreu uma falha no último estágio de desacoplamento do foguete e o motor funcionou 1,34 segundo a mais do que deveria, o que ocasionou o movimento de giro, impedindo a nave de atingir a órbita necessária para se acoplar à ISS, que está a cerca de 400 quilômetros de altitude”, comenta.

“Teria ocorrido também uma falha na telemetria, que impediu o centro de controle da missão, na Rússia, de mandar sinais corretivos para a nave, que, em tese, estava intacta [no momento em que a missão deu errado].” A entrevista foi concedida na tarde de 7 de maio, antes da queda da nave.

O diretor da AEB lembra que, em casos como esse, forma-se um comitê para apurar as causas do fracasso da operação e evitar que os problemas se repitam.

Assista aqui a entrevista: https://goo.gl/VkW2vb


Fonte: Site da Agência Espacial Brasileira (AEB)

Um comentário:

  1. " QUEDA E A REALIDADE DO PROGRESSO CIENTÍFICO NO BRASIL"

    Todos nos sabemos que o Brasil está a beira do CAOS TOTAL, em comparação a queda da nave russa Progress M-27M, pergunto: - " Qual a causa maior desta queda, DESGRAÇA maior que assola nosso desenvolvimento científico ? Um minutinho pessoal, eu sei a resposta! Esse governo MARAVILHOSO, que proporciona um excelente exemplo de dedicação para com a educação e investimento massivo para o: Fies, PEB, Universidades, Institutos, Ciências sem fronteiras...etc. Que tática maravilhosa, inspirada por KARL HEINRICH MAX, intelectual e revolucionário alemão, fundador da DOUTRINA COMUNISTA MODERNA, que atou como, Economista, Filósofo, Historiador e Jornalista, e sempre afirmou: - " Camaradas, vocês querem MINAR um país democrático e capitalista, então hajam assim. Como: ECONOMISTA ( dissemine o CAOS, elevando os juros, aumentando a inflação e por último, larapiando suas riquezas, para uso de suborno, enriquecimento próprio e para repassar aos países que adotam nossos costumes). Como FILÓSOFO ( Destrua gradativamente os pilares da nação, a família e o futuro educacional dos jovens). Como HISTORIADOR ( Faça o maior estrago, pregue premeditadamente as nossas convicções com sutileza, até conquistar o poder maior do executivo, de exemplos para os burros seguidores.No início, use a convicção , para convencer os menos esclarecidos). Como : TEÓRICO POLÍTICO ( Pregue a mentira com contundência, haja como cordeiro e depois mostre os dentes de Pite Bull. Após ABOCANHAR o osso, nunca largue, só solte, mordendo o maior número de baixas que puder executar). Como: JORNALISTA ( A propaganda é a ALMA das nossas convicções políticas, também é o nosso mal, castre imediatamente a WEB, TV, Rádios, a comunicação. Tente igualar-se ao poder do jornalista fermento, como foi dito, adicione bastante mentira e promessas, com isso vamos evitar que o bolo quentinho da sociedade não sole.

    ResponderExcluir