segunda-feira, 4 de maio de 2015

Jovem Foca no 'Projeto Astronauta' e é Aprovado em Engenharia na Rússia

Olá leitor!

Abaixo uma matéria postada dia (02/05) no site “G1” do globo.com, destacando que um jovem paulista foca no 'Projeto Astronauta' e é aprovado em Engenharia Aeroespacial na Rússia.

Duda Falcão

ITAPETININGA E REGIÃO - TV TEM

Jovem Foca no 'Projeto Astronauta' e
é Aprovado em Engenharia na Rússia

'Quando vi que era possível, não tive dúvidas', diz morador de Tatuí (SP).
Mãe fez bazar, rifa e catou até latinhas para arrecadar dinheiro para curso.

Do G1 Itapetininga e Região
02/05/2015 - 08h00
Atualizado em 02/05/2015 - 14h14


O jovem Eduardo Sperandio Júnior, de 18 anos, foi aprovado e vai estudar engenharia aeroespacial na Rússia para realizar o sonho de ser astronauta. Morador de Tatuí (SP), ele passou em todas as fases do processo seletivo e embarca neste sábado (2) para o país após conseguir uma bolsa parcial de estudos. "Quando vi que era possível, não tive dúvidas, foquei e consegui", diz o rapaz que é filho de uma professora e de um funcionário público. O aluno, inclusive, já fala russo.

(Foto: Carlos Alberto Soares/ TV TEM)
Eduardo arruma malas para empreitada na Rússia neste sábado.

A mãe do estudante, Juceline Sperandio, conta que fez de tudo para obter o dinheiro para pagar despesas como passagem de avião, documentação traduzida e 15 meses de um curso preparatório que ele fará após chegar ao país. "Até latinha eu catei para vender, além de fazer rifas de pizza e bazar. Não tenho vergonha de falar", afirmou. Ela contou ainda com ajuda dos amigos do filho. "Eles fizeram vaquinha para juntar dinheiro. É a força de vontade dele que me faz não desistir", afirmou Juceline.

Agora, a família deve continuar o mesmo ritmo de trabalho para mandar 300 dólares por mês para o rapaz, que vai morar em um alojamento estudantil. A proposta é visitar o único filho em breve. "Se a gente puder vamos vê-lo e, se der, ira para a Rússia no dia da formatura. A saudade a gente mata pelo computador e pelo telefone."

Inspiração

No passado, o Sperandio teve a oportunidade de conhecer e passar horas conversando com o astronauta Marcos Pontes, natural de Bauru (SP), e o primeiro astronauta da história do país. O tenente coronel da Força Aérea Brasileira, hoje da reserva, participou da missão centenária em referência aos 100 anos do voo de Santos Dumont. "É uma inspiração, com certeza, saber que já tem a história de alguém que passou pelas mesmas coisas e que alcançou o que eu procuro alcançar", afirma Eduardo.

O intercâmbio estudantil entre Brasil e Rússia vem aumentado nos últimos anos. Entre os principais motivos que levam os jovens a se mudarem para o outro lado do mundo estão qualidade do ensino russo e a relação custo benefício. Em média, cada aluno desembolsa entre R$ 7 mil e R$ 12 mil por ano, com despesas entre o curso e moradia, valor inferior ao das universidades particulares do Brasil. Além disso, a Rússia mantém um programa de incentivo para estudantes estrangeiros.

Ao chegar à Rússia com outros brasileiros, Sperandio explica que vai ficar em um alojamento e fazer o preparatório, que será de adaptação com o novo idioma, para só depois fazer os cinco anos e meio do curso na faculdade em Moscou, capital do país. Em todas as etapas, o pai dele, Eduardo Sperandio, estará junto do jovem. "Ele está focado e a gente tem mais é que apoiar mesmo. Ele sabe que estamos aqui, que o porto seguro dele continua firme", finaliza.

(Foto: Fábio Campos/ TV TEM)
'O porto seguro dele continua firme aqui',
diz pai do estudante de Tatuí.


Fonte: Site G1 do globo.com

Um comentário: