SIMDE Visita Centro Espacial de Alcântara (CLA)

Olá leitor

Veja abaixo uma notícia postada ontem (06/03) no site “Defesanet.com” destacando que uma delegação formada por representantes do Sindicato Nacional das Indústrias de Materiais de Defesa (SIMDE), Oficiais da Aeronáutica, Parlamentares do Congresso Nacional, e executivos de empresas associadas a este sindicato, estiveram visitando no dia 05/03 o Centro de lançamento de Alcântara (CLA), no Maranhão. 

Duda Falcão

COBERTURA ESPECIAL - BASE INDUSTRIAL DEFESA - DEFESA

SIMDE Visita Centro Espacial de Alcântara (CLA) 

Por Defesanet
06 de Março, 2020 - 19:50 ( Brasília )

SIMDE visita Centro Espacial de Alcântara (CLA)

No último dia 5 de março, uma delegação do Sindicato Nacional das Indústrias de Materiais de Defesa esteve em missão no Centro Espacial de Alcântara, no Maranhão. A delegação foi composta por representantes do SIMDE, Oficiais da Aeronáutica, Parlamentares do Congresso Nacional, e executivos de empresas associadas ao Sindicato.

O Centro Espacial de Alcântara é a segunda base de lançamento da Força Aérea Brasileira, com uma localização equatorial privilegiada, que permite que os lançamentos sejam feitos com mais facilidade. É uma parte importante no caminho do país como protagonista no cenário geopolítico mundial. O Acordo de Salvaguardas, por exemplo, assinado em 2019 pelo Governo Brasileiro e pelos Estados Unidos da América, possibilitará uma futura cooperação internacional e trará grandes oportunidades de desenvolvimento econômico e social, não só para a região onde o Centro se encontra, mas para todo o país.


O Diretor-Presidente do SIMDE, em seu discurso de agradecimento, descreveu a base de Alcântara como “extraordinária, um presente de Deus”. “Alcântara é a chave para a nossa porta de entrada no mercado espacial global” destacou Carlos Erane Aguiar.

O representante da Base Industrial de Defesa ressaltou a missão do SIMDE de defender os interesses soberanos da sociedade brasileira por meio do fortalecimento da base científica, tecnológica, industrial e de serviços e logística nacional de defesa e segurança. Afirmou ainda que a BID está pronta para fazer parte dessa nova era que se desenha. Carlos Erane concluiu dizendo que “O Programa Espacial Brasileiro se insere nessa estratégia – de construirmos um Brasil grande e soberano – delineado dentro de bases sólidas e autossustentáveis de Progresso e Justiça Social”.



Fonte: Site do defesanet.com - http://www.defesanet.com.br 

Comentário: Lamentável leitor, muito triste, e olha que os representantes do Governo Bolsonaro (MCTIC/AEB e o próprio MD) vivem falando no tal modelo ‘New Space’, mas parece claro que a FAB ainda não compreendeu isto, ou então o Governo Bolsonaro tá fazendo jogo de cena, afinal deixaram de fora desta visita justamente quem representa o modelo ‘New Space’ no Brasil, ou seja, as startups espaciais brasileiras (mesmo sendo uma visita ligada ao tal SIMDE, nada impediria isto) e indo de encontro ao que faz mundo afora e seguindo o mesmo caminho da incompetência, da má gestão, do mal uso dos recursos públicos, colocando infelizmente o país em rota de mais um década perdida no setor espacial. Triste, muito triste, e não vejo a hora para deixar essa história de fracasso para trás, acho que mais uns três meses, e Bye Bye Blog BRAZILIAN SPACE e suas fantasias.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Janeiro de 2015 Registra Recorde de Focos de Queimadas Detectados Por Satélite

O CLA e Sua Agenda de Lançamentos Até 2022