Brasileira Pré-Selecionada Para Missão a Marte Quer Ir Aonde Ninguém Foi

Olá leitor!

Segue abaixo uma pequena nota postada dia (05/01) no “Portal TERRA” destacando que engenheira brasileira pré-selecionada para missão a Marte quer ir aonde ninguém foi.

Duda Falcão

ESPAÇO

Brasileira Pré-Selecionada Para Missão
a Marte Quer Ir Aonde Ninguém Foi

Portal Terra
05 de Janeiro de 2014 - 
Atualizado às 17h04

Foto: AFP
Organização Mars One quer colonizar o planeta
vermelho com dinheiro de reality show.

Priscila Justus Hamad, catarinense de Joinville, está entre os 1.058 pré-selecionados pela organização Mars One para uma viagem sem volta para Marte. Para a engenheira, a viagem será um desafio.  "A princípio, a gente vai trabalhar e viver dentro dos habitats. A gente vai ter os suprimentos iniciais, mas o desafio vai ser cultivar os nossos alimentos lá, buscar água, fontes necessárias para que a gente possa sobreviver", diz ao Jornal do Almoço, da RBS TV.

Saiba Mais


A catarinense diz que a seleção é uma oportunidade única. "Eu sou uma engenheira. E como todo engenheiro, a gente quer ver a sociedade, a humanidade se desenvolver através da tecnologia. Esta é uma oportunidade única de chegar onde ninguém mais chegou antes. Então vai unir uma paixão sim por astronomia que eu tinha, mesmo não trabalhando na área, com a vontade de fazer a diferença para a humanidade."

Priscila e os demais competidores passarão por muitos testes e novas seleções ocorrem em 2014 e 2015. O diretor executivo da Mars One, Bas Lansdorp, afirmou anteriormente que espera que os primeiros humanos cheguem a Marte em 2025.


Fonte: Portal Terra - 10/12/2013 - http://noticias.terra.com.br/

Comentários

  1. Mars One está arrecadando fundos, caros para a exploração do espaço, para promover uma aventura de suicídio. Não há chances. Não haverá meios.Você já imaginou só a complicação para sair de uma capsula? E voltar? Ar, temperatura, pressão.Os malucos deverão ser alimentados, mas com que grana? Com audiência de televisão? E se padecer de monotomia não houver sucesso? Não houver audiência, não der IBOPE? Eu não acredito que sobrevivam a uma queda em Marte, mas considerando que desçam em Marte, não sobreviverão muito tempo. Um show de loucura suicida com temperos de assassinato. Eu sou totalmente contra. Na minha modesta opinião, a primeira missão para Marte deverá descer em Marte, investigar, levantar vôo, voltar a Terra. Landing, jump, return. Nada de morte em Marte! Eu sou totalmente contra que se assine um compromisso de suicídio. Os malucos que se dizem astronautas que aceitam a morte como missão, são vermes acéfalos completamente sem noção. No futuro serão chamados de os famosos idiotas. Os loucos. Talvez, romanticamente se lembre deles, mas é fato que na verdade serão sempre lembrados como fantasmas, que assombrarão eternamente os terraços de Marte. Triste Aventura. Cruel assassinato.

    ResponderExcluir
  2. Projeto bastante ousado e ambicioso........mas é fundamental para estimular não só as novas tecnologias mas as pessoas.....a humanidade precisa olhar mais para o espaço com os olhos de colonizadores e não apenas olhos curiosos, a exploração espacial precisa rapidamente se tornar colonização espacial....vale lembrar que a Terra já foi atingida várias vezes por asteroides com capacidade de pulverizar nossa civilização......a colonização espacial é uma questão de sobrevivência, precisamos correr antes que seja tarde demais.
    Miraglia
    www.edgeofspace.org

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial