INPE Participa do Projeto GOSAT da JAXA


Olá leitor!

Segue abaixo uma notícia postada hoje 03/09 no site no Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) destacando a participação do instituto no Projeto GOSAT para medição de gases do efeito Estufa.

Duda Falcão

CPTEC/INPE Participa do Projeto GOSAT para
Medição de Gases do Efeito Estufa

03/09/2009

Dados do GOSAT (Satélite de Observação de Gases do Efeito Estufa), do Japão, serão aplicados nos modelos de transporte atmosféricos do Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (CPTEC/INPE).

O GOSAT é o primeiro satélite do mundo para medir as concentrações de dióxido de carbono e metano, os dois principais gases do efeito de estufa, no espaço. A análise dos dados observados pelo GOSAT permitirá que cientistas determinem a concentração global de gás carbônico (CO2) e metano (CH4), e como estes gases variam com o local, a estação e ano.

O Projeto GOSAT é uma iniciativa do Instituto Nacional para Estudos do Meio Ambiente (NIES, na sigla em inglês), do Ministério do Meio Ambiente do Japão, e da JAXA, a agência aeroespacial japonesa.

Os resultados do Projeto GOSAT aumentarão o conhecimento científico sobre as causas do aquecimento global, auxiliando na melhoria da previsão das mudanças climáticas e permitindo o estabelecimento de planos de mitigação.

De acordo com o pesquisador Saulo Freitas, no CPTEC/INPE os dados serão utilizados para avaliação e assimilação nos modelos CCATT-BRAMS e versão do MCGA para química e aerossóis atmosféricos.

Mais informações sobre o Projeto GOSAT no site http://www.gosat.nies.go.jp/index_e.html


Fonte: Site do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)

Comentário: Sempre é importante para o INPE está participando de projetos como esse, pois além de adquirir dados científicos relacionados ao projeto tem a possibilidade de adquirir tecnologias e reconhecimento por parte das principais agencias espaciais do mundo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Da Sala de Aula para o Espaço

O CLA e Sua Agenda de Lançamentos Até 2022