Estudantes Cearenses são Selecionados para Olimpíada


Olá leitor!

Segue abaixo uma nota postada dia 03/09 no site da Agência Espacial Brasileira (AEB) informando que cinco estudantes do Colégio da Policia Militar de Fortaleza foram selecionados para participar da 1ª Jornada de Foguetes da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica, que vai se realizar em Mendes (RJ).

Duda Falcão

Cearenses Selecionados para Olimpíada

O Povo
03/09/2009

Cinco estudantes do Colégio da Polícia Militar foram selecionados para participar da 1ª Jornada de Foguetes da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica, que vai se realizar em Mendes (RJ). Cerca de 50 escolas foram selecionadas.

Nos últimos meses, eles têm “brincado” de lançar foguetes didáticos. Usando vinagre e bicarbonato de sódio como combustível, eles conseguiram fazer um artefato de garrafa pet alçar vôo, alcançando uma distância de 72 metros.

Diante do resultado, os alunos do 3º ano do ensino médio do Colégio da Polícia Militar, da rede pública estadual, Alexsandra Lopes, Beatriz Bezerra, Caio Dezerrir, Djair Nogueira e Maíra Caroline Lopes, todos de 17 anos, foram selecionados para participar da 1ª Jornada de Foguetes da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA), que vai se realizar em Mendes, no Rio de Janeiro, de 7 a 12 de setembro.

A OBA é realizada pela Sociedade Astronômica Brasileira em parceria com a Agência Espacial Brasileira. Aplica não somente provas, mas também sugere atividades práticas, como observação noturna, diurna, construção de maquetes e lançamento de foguetes didáticos.

Dentro da OBA tem a Olimpíada Brasileira de Foguetes (OBFOG). “A gente estava estudando pra fazer a prova (da OBA) e decidiu fazer o foguete. A gente fez só pra brincar”, comemora Maíra, integrante da equipe.

De acordo com Caio, desde abril eles vêm se empenhando. Começaram a fabricar o foguete, estudar combustível, construir a base de lançamento, entre outros aspectos. Agora, eles vão aproveitar o resultado de todo o esforço.

De acordo com o coordenador nacional da OBA e da OBFOG, professor João Batista Garcia Canalle, Cerca de 50 escolas de todo o País terão representantes. De terça a sábado, haverá palestras na área de Astronáutica (Engenharia Aeroespacial), sobre o histórico da corrida espacial. “Eles vão assistir à palestra, na qual se monta um protótipo”, destaca Canalle.

Para o professor de Física do Colégio da Polícia Militar, Carlos Alberto Araújo Lopes, que é pai de Maíra, o que os jovens têm em comum é a curiosidade e a teimosia. “Eles não se satisfazem com respostas prontas, querem entender os porquês” sorri.

E-MAIS > Neste ano, os cinco jovens estão se preparando para o Vestibular. Alexsandra Lopes quer cursar Engenharia Ambiental, Beatriz Bezerra quer Engenharia Elétrica, Caio Dezerrir deseja estudar Engenharia Civil, Djair Nogueira, Direito, e Maíra Caroline Lopes, Engenharia Química.

Segundo Caio, todos são bons alunos, mas não se consideram gênios. “O que a gente tem é criatividade e parceria. Ser só inteligente não adianta. É preciso saber se beneficiar da inteligência. Ter sido selecionado é só uma conseqüência da responsabilidade que a gente empregou”, explica.


Fonte: Jornal “O Povo” de Fortaleza via site da Agencia Espacial Brasileira (AEB)

Comentário: Sou um entusiasta de iniciativas como esta da AEB e de eventos como a sua Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica. Fico muito feliz quando vejo que esse tipo de iniciativa desperta nos jovens o gosto pela pesquisa e defendo que necessitamos cada vez mais incentivar o estimulo das pesquisas nas escolas da rede pública e privada. Educação para todos, com responsabilidade, planejamento e visão, para que possamos preparar melhor a nossa divisão de base, de olho na sociedade do futuro. Parabéns a AEB e aos estudantes cearenses selecionados.

Comentários

  1. Para uns, deve parecer brincadeira de criança, ficar brincando de "foguetinho", mas atrás disto, vc agrega o conhecimento em física, química e matemática. O aluno passa a se interessar mais por estas materiais e é claro, terão uma visão progressiva quando adultos e alguns deles poderão até ajudar no nosso programa espacial algum dia. A iniciativa é otima. Sempre é a EDUCAÇÃO, a arma que irá mudar nosso país algum dia. Se não seremos eternamente o país do futuro e nunca chegaremos a lugar nenhum. Parabens pela iniciativa da AEB.

    ResponderExcluir
  2. Olá Ricardo!

    Concordo contigo em gênero, número e grau. Viva a educação, mola mestra para qualquer sociedade desenvolvida.

    Abs

    Duda Falcão

    ResponderExcluir
  3. Duda,

    A iniciativa é da AEB ou só divulgaram o evento?

    Não é o Ceará a sede da Orion Space - associação Brasil-Rússia? Estará a AEB fazendo algum movimento em uma nova direção?

    Abs,

    Sengedradog

    ResponderExcluir
  4. Olá Sengedradog,

    Olha a OBA (Olímpiada Brasileira de Astrnomia e Astronáutica) é realizada pela Sociedade Astronômica Brasileira e pela AEB. Essa 1ª Jornada de Foguetes que faz parte do evento não é diferente, tá ok?

    Forte abraço amigo

    Duda Falcão

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial