INPE Participa de Evento de Astronomia Espacial na USP


Olá leitor!

Segue abaixo uma notícia postada hoje 02/09 no site no Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) destacando a participação do instituto no 1º Workshop de Astronomia Espacial que se realizará nesta quinta-feira (03/09) no Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas da Universidade de São Paulo (IAG/USP).

Duda Falcão

INPE Participa do 1º Workshop de Astronomia Espacial

02/09/2009

O 1º Workshop de Astronomia Espacial acontece nesta quinta-feira (3/9) no Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas da Universidade de São Paulo (IAG/USP). Este workshop é uma iniciativa conjunta da Sociedade Astronômica Brasileira (SAB), do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia de Astrofísica (INCT-Astrofísica), do Instituto Nacional de Tecnologias e Ciências do Espaço (INEspaço), da Agência Espacial Brasileira (AEB) e do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE).

O objetivo do workshop é aproximar a comunidade interessada para discussão das experiências de astronomia espacial envolvendo o Brasil - como o satélite de raios X Mirax, desenvolvido pelo INPE - e a apresentação e discussão de propostas de construção de um telescópio espacial brasileiro e da participação nacional em projetos no exterior.

Os participantes também discutirão o Programa Nacional de Atividades Espaciais (PNAE) e as ações para construção de uma estratégia comum para a astronomia espacial, como a proposta de um edital do Programa Uniespaço, da AEB, que estimule uma demanda competitiva por projetos espaciais.

As apresentações serão transmitidas ao vivo pela IPTV USP: http://iptv.usp.br

Mais informações sobre o 1º Workshop de Astronomia Espacial na página www.astro.iag.usp.br/~iwae

MIRAX

Primeira missão astronômica brasileira em satélite, o MIRAX (Monitor e Imageador de Raios X) investigará a região central do plano galáctico e seus objetos, como buracos negros e estrelas de nêutrons. Estará a bordo do LATTES, um satélite científico desenvolvido pelo INPE e com lançamento previsto para 2014, que atenderá não só aos objetivos astronômicos do Mirax como também a missão Equars, esta voltada para estudos na baixa, média e alta atmosfera e ionosfera na região equatorial. No caso da missão Mirax, o objetivo é o estudo de raios X do centro da galáxia, observando continuamente a região central do plano galáctico para realizar estudos espectroscópicos de banda larga.

O MIRAX fará um levantamento espectroscópico (DE~5 keV) por imagem (resolução de ~7 arcmin) de uma grande região do céu (~1000 graus quadrados), ao longo da região central do Plano Galáctico, em uma ampla faixa de energia (~2 a 200 keV).Pela primeira vez, será feito um acompanhamento quase contínuo, simultâneo, de uma grande variedade de fenômenos transientes, como transições espectrais e ejeções colimadas de matéria em binárias de raios X, bursts e superbursts etc., em escalas de tempo de minutos a aproximadamente nove meses


Fonte: Site do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)

Comentário: Esse encontro será muito interessante para a astronomia espacial brasileira e dele poderá sair novas idéias e objetivos para o Programa Espacial. A notícia inclusive cita pela primeira vez o interesse na construção de um telescópio espacial brasileiro e a participação nacional em projetos espaciais nessa área com outras nações. Vou acompanhar com interesse o resultado desse workshop e procurarei manter o leitor informado. Outro fato a ser citado é a proposta a ser discutida no evento para um edital do Programa Uniespaço, da AEB, que venha estimular uma demanda competitiva por projetos espaciais. Vamos acompanhar.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial