sábado, 26 de maio de 2018

Instituto Mauá Lança Com Sucesso Balão de Alta Altitude

Olá leitor!

Meu pai, falecido em 2016 (que saudade painho) costumava sabiamente dizer, “um exemplo meu filho vale mais do que mil palavras”. Claro amigo leitor que isto vale tanto do lado positivo quanto negativo, e neste exemplo que compartilho agora com você felizmente foi muito positivo para a educação de nossa caricatura de país.

Pois então leitor, ao que parece o exemplo dado pelo Grupo ZENITH da Escola de Engenharia da São Carlos (EESC/USP) com a parte educacional de seu “Programa GARATÉA”, vem estimulando outras iniciativas pelo Brasil, e este parece ter sido o caso de um conhecidíssimo instituto de tecnologia do Estado de São Paulo.

Acontece que no dia 19/05, alunos da equipe HAB-IMT do “Instituto Mauá de Tecnologia”, aliados a professores e pesquisadores deste instituto, lançaram com sucesso uma sonda estratosférica do Aeroclube da cidade Itápolis (a 400 km de São Paulo), através de um balão desenvolvido por eles.

Balão meteorológico na porta do Hangar do Aeroclube de Itápolis.

Segundo foi anunciado, objetivo deste projeto é desenvolver um Balão de Alta Altitude, o HAB-Mauá, tendo em vista lançar na atmosfera experimentos científicos da Área aeroespacial e Astrobiológica.

“São projetos que incentivam a experimentação e o desenvolvimento de conhecimentos relacionados às ciências espaciais e são fundamentais para a capacitação de recursos humanos no País. Esse projeto desafia os alunos a obterem uma experiência hands-on durante aproximadamente um ano, desde a concepção, por meio da integração e teste até a operação real do sistema; capacita professores, alunos da Mauá e alunos do Ensino Médio por meio das parcerias com colégios, utilizando metodologias ativas de aprendizagem”, diz a nota do Instituto Mauá. Simplesmente fantástico.

Entretanto leitor, esta primeira atividade teve como missão específica fazer medições de UVA, UVB, UVC, pressão e temperatura nas diversas altitudes. Assim sendo, as atividades foram iniciadas dividindo as equipes para cuidarem do balão, (equipe 1), dos cabos (equipe 2) e da eletrônica (equipe 3). Confira abaixo o passo-a-passo destas atividades:

Equipe 1 cuidando do Enchimento do balão com gás Hélio.
Equipe 2 prepara os cabos de Kevlar e as amarrações do
paraquedas com a caixa contendo o experimento
Equipe 3 responsável por preparar os sensores
de UVA, UVB, UVC, pressão e temperatura.
A equipe 3 também foi responsável pela previsão do
local de queda da caixa, por meio do site:
www.predict.hab.hub.org e pela telemetria.
Balão pronto para ser lançado aguardando
autorização das autoridades locais.
A sonda estratosférica da equipe HAB-IMT em voo. 

Após o lançamento, a equipe de resgate deslocou-se de carro para o local provável da queda, acompanhando os sinais enviados pela telemetria e pelo sistema de rastreamento Spot que fornecia a localização da sonda em tempo real.

Trajetória da caixa da sonda descrita pelo Spot.

Entretanto leitor embora as equipes tivessem uma ideia do local provável da queda da caixa, não foi possível localizá-la de imediato, já que a mesma aterrissou próxima à Rodovia Municipal Ayrton Senna, no município de Itirapina, ou seja, a 150 km do local de seu lançamento. Por esse motivo, foi necessário enviar todas as equipes a este local para auxiliar nas buscas. No entanto, curiosamente a caixa acabou sendo localizada por um comerciante local e entregue às equipes de buscas, e como previsto, ela acabou sofrendo algumas avarias.


Buscas da caixa da sonda na mata.
Caixa da sonda recuperada após a queda.

A nota do Instituto Mauá finaliza dizendo que esse tipo de experiência permite ao aluno melhorar a sua compreensão e desenvolver suas habilidades teóricas e práticas, em especial as relacionadas à pesquisa científica, como: desenho técnico; análise de dados e sua representação; trabalho em equipe; gestão de projetos; projeto e construção de circuitos eletrônicos; projeto e desenvolvimento de programas de computador e rotinas de testes.


Equipe HAB-IMT que participou do
lançamento do balão meteorológico.

O Blog BRAZILIAN SPACE parabeniza o “Instituto Mauá de Tecnologia” por proporcionar a seus alunos, professores e pesquisadores esta extraordinária  experiência, e fica na esperança de que esse exemplo venha servir para outras instituições educacionais espalhadas pelo Brasil

Aproveitamos para agradecer a nossa leitora Mariana Amorim Fraga por nos ter enviado essa noticia.

Duda Falcão

Um comentário: