terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

Veja as Apresentações Exibidas na Recente Audiência Pública do PEB em Brasília

Olá leitor!

Para finalizar o assunto quanto a tal Audiência Pública do PEB, ocorrida na Comissão de C&T do Senado na terça-feira (16/02), em Brasília, trago agora para você as apresentações em Power Point exibidas durante esta audiência, ou seja, a do INPE - Dr. Leonel Perondi, a do DCTA – Ten-Brig. do ar Alvani Adão da Silva, a da Associação das Indústrias Aeroespaciais Brasileiras (AIAB) - Walter Bartels e a do SindCT – Gino Genaro. Os arquivos destas apresentações podem ser acessados pelo link: http://1drv.ms/1PHXmIE

O leitor mais atento pode está se perguntando onde está a apresentação da nossa Agência Espacial de Brinquedo (AEB)? Pois bem, o presidente incompetente, ineficiente e vendedor de ilusões deste fantasioso órgão do desgoverno desta debiloide petista, se limitou a ler um texto escrito certamente pela sua acessória e a responder algumas perguntas dos senadores presentes.

Chamo atenção do leitor para a apresentação do DCTA, onde se prevê a conclusão do Mock-Up das Redes Elétricas do VLS-1 em maio 2017

(OBS: As Redes Elétricas do VLS-1 seria desenvolvida pela MECTRON, mas a empresa não conseguiu entregar o acordado e assim parece que os laboratórios do Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE) assumiram o desenvolvimento deste projeto)

Já o lançamento do VLS-1 VSISNAV, segundo esta apresentação do DCTA, fica agora previsto para o 2° Semestre de 2017, e quanto ao VLM-1, esta apresentação coloca a previsão de seu voo de qualificação para o final de 2018.

Bom leitor é claro que estas previsões do jeito como o PEB é conduzido pelo desgoverno desta debiloide petista, sob a orientação deste presidente fantoche da AEB, não passam de ‘datas jogadas ao vento’, e dificilmente serão cumpridas nos prazos previstos. Não há competência e nem compromisso desta gente para que isto aconteça, e o Blog BRAZILIAN SPACE aposta nesta segunda metade de fevereiro de 2016 que no final de 2018 não teremos nem o VLS-1, muito menos o VLM-1. É só esperar para ver.

Duda Falcão

5 comentários:

  1. No final de 2018 - nada terá acontecido - e quem disse isso já estará bem longe para não ser responsabilizado. Não entendo como gente da área técnica se propõe a ter a cara de pau de mentir (eles sabem que não serão capazes de fazer o que prometeram) só pra ficar "bem na fita"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Heisenberg, com o Bandeirante aconteceu o mesmo!, ninguém confiava que o Avião iria decolar e pousar !, só que Funcionou e hoje temos a EMBRAER, a 3 maior Empresa de Aviões do Planeta, Eu acredito no potencial dos Engenheiros Brasileiros.

      Excluir
    2. stone vox

      Não me referi aos engenheiros que fazem os projetos mas aqueles que estão na posição de chefia (diretores) que ficam puxando o saco dos superiores

      Excluir
    3. Heisenberg, então, " e quem disse isso já estará bem longe para não ser responsabilizado." existem pessoas que fazem de tudo para o PEB não sair do papel, com super baixos investimentos e atrasos de Lançamentos, além de Lançamentos com falhas , no caso do VLS-1 e do VSM-40

      Excluir
  2. Além disso, pela fala do Ten-Brig. do ar Alvani Adão da Silva, o projeto do VLS morreu.

    ResponderExcluir