quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Primeiro Satélite Nacional Nomeia Região em Plutão

Olá leitor!

Segue abaixo uma nota da postada hoje (20/08) no site da Agência Espacial Brasileira (AEB), destacando que Primeiro Satélite Nacional nomeia região do Planeta-Anão Plutão.

Duda Falcão

Primeiro Satélite Nacional
Nomeia Região em Plutão

GOASA

Foto: Divulgação/INPE
O Satélite de Coleta de Dados (SCD) quando em testes no
Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE).

Brasília, 20 de agosto de 2015 – Após viajar cerca de nove anos, a sonda New Horizons realizou no dia 14 de julho último, o primeiro sobrevoo sobre o gélido planeta-anão, Plutão. Desde então, a sonda da Agência Espacial Norte-Americana (NASA) tem enviado dados à Terra, fornecendo informações sobre regiões e revelando feições e características do maior objeto do Cinturão de Kuiper e suas luas.

Em uma das áreas já nomeadas da superfície de Plutão, homenageia-se o primeiro satélite brasileiro, o Satélite de Coleta de Dados 1 (SCD-1), lançado ao espaço em 9 de fevereiro de 1993, por meio de um foguete do tipo Pegasus, e que está em pleno funcionamento.

Em 28 de julho, o local foi batizado em português como “Coleta de Dados”, e está na área mais brilhante do planeta-anão, apelidada de Coração, a vasta Região Tombaugh (em homenagem ao descobridor de Plutão, Clyde Tombaugh) de 1.590 quilômetros, que abriga principalmente vales e planícies suaves, no qual umas das áreas recebe o nome de Sputnik Planum (referência ao primeiro satélite enviado ao espaço), compondo o lóbulo ocidental, localizado ao lado esquerdo das planícies da Região Tombaugh.

Em uma campanha que ocorreu entre março e abril últimos, a equipe da New Horizons solicitou nomes para batizar área na superfície de Plutão e sua maior lua, Caronte, desta forma definindo dez categorias de onde os nomes deveriam provir; como cientistas e engenheiros, exploradores e viajantes da ficção, exploradores históricos e missões espaciais e aeronaves.

Sugestões – A equipe do Grupo de Observação Astronômica de Santo André (GOASA), na região metropolitana de São Paulo, sugeriu alguns nomes referentes à astronáutica nacional brasileira, no qual a NASA aprovou e indicou o Coleta de Dados à União Astronômica Internacional (IAU, na sigla em inglês), que aguarda analise e aprovação.

A campanha online promoveu uma votação de nomenclaturas, o único das listas com referência ao Brasil foi do SCD-1, estabelecendo-se em quinto lugar na categoria missões espaciais e aeronaves com 12 nomes selecionados ao total, tendo 90% dos votos provindos da América do Sul e Central, tornando-se o favorito entre os dois subcontinentes.

Além de Plutão, a lua Caronte, é preenchida com nomes de ficções científicas, como Mancha de Mordor, Cratera Vader e Cratera Spock.

Enquanto a New Horizons envia mais informações sobre o planeta-anão mais famoso durante um ano e meio aproximadamente, revelando mais detalhes de Plutão, a NASA e a IAU se ocuparão no desenvolvimento da nomenclatura de espécies de relevos e além de acidentes geográficos, transformando nosso conhecimento do sistema plutoniano.


Fonte: Site da Agência Espacial Brasileira (AEB)

Nenhum comentário:

Postar um comentário