terça-feira, 3 de julho de 2018

Universitários Participam de Curso de Inverno Sobre Tecnologias Espaciais no INPE

Caro leitor!

Segue abaixo uma nota postada hoje (03/07) no site oficial do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) destacando que Universitários participam de "Curso de Inverno sobre Tecnologias Espaciais" no instituto.

Duda Falcão

NOTÍCIA

Universitários Participam de Curso de
Inverno Sobre Tecnologias Espaciais

Por INPE
Publicado: Jul 03, 2018

São José dos Campos-SP, 03 de julho de 2018

De 10 a 26 de julho, acontece a 14ª edição do Curso de Inverno de Introdução às Tecnologias Espaciais. Um público recorde de 70 alunos de graduação de todas as regiões do Brasil estará no Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), em São José dos Campos (SP), para interagir e aprender com especialistas em várias áreas relacionadas a tecnologias e aplicações espaciais. Nesta edição, o número de palestras passou de 40 para mais de 50 em diferentes tópicos. Também foi ampliada a oferta de miniestágios.

O curso é divido em duas fases, sendo uma, com duração de duas semanas, de palestras teóricas, e outra, de uma semana, de miniestágios práticos e visitas técnicas. A programação do curso prevê atividades de introdução às áreas de engenharia de sistemas, satélites e seus subsistemas, montagem, integração e testes de satélites, veículos lançadores de satélites, aplicações de satélites, ambiente espacial, história, economia e direito espacial, dentre outras, totalizando 42 palestrantes e 33 monitores de miniestágios.

Segundo a organização do Curso de Inverno, os alunos foram selecionados por ordem cronológica dos pedidos de inscrição, dentre aqueles regularmente matriculados em um curso de graduação. Apesar de o curso ser aberto a estudantes das várias áreas do conhecimento, pela natureza de sua programação 94% dos selecionados são ligados a cursos da área de exatas, em particular de engenharia aeroespacial ou aeronáutica.

O Curso de Inverno do INPE é inteiramente gratuito, sem a cobrança de qualquer taxa de inscrição ou matrícula, ficando a cargo de cada aluno, no entanto, os gastos com passagens até o local do evento, hospedagem, alimentação e transporte.

"Este ano, pela primeira vez, o Curso de Inverno contará com o apoio técnico e financeiro das empresas Fibraforte, Orbital e Visiona, todas ligadas ao setor espacial. Enquanto, no aspecto financeiro, este apoio possibilitará fornecer aos alunos mais conforto (coffee-breaks, pasta, crachá) e acesso ao conteúdo didático do curso (Handbook), no aspecto técnico estas empresas irão abordar suas experiências na área de pesquisa e desenvolvimento tecnológico, bem como as possibilidades profissionais para os recém-formados que desejam atuar no setor", informa Gino Genaro, coordenador do Curso de Inverno.

Promovido pela Coordenação Geral de Engenharia e Tecnologia Espacial (CGETE) do INPE, o Curso de Inverno conta com a colaboração de outras áreas do Instituto, como Observação da Terra, Ciências do Sistema Terrestre, Ciências Espaciais e Atmosféricas, Rastreio e Controle de Satélites, Laboratórios Associados, Laboratório de Integração e Testes, Pós-Graduação, dentre outras, além de colaboradores do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA) ligados ao Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE) e ao Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA). Já a parte organizacional e logística do evento cabe à Divisão de Sistemas Espaciais da CGETE, com o apoio técnico e logístico da Seção de Tecnologia da Informação e do Serviço de Gestão de Capacitação por Competências do INPE.

Contato com a organização do evento pode ser feito pelo e-mail: cursodeinverno@inpe.br

Mais informações: www.inpe.br/ci-2018/


Fonte: Site do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)

Nenhum comentário:

Postar um comentário