O VLS-1 e os Lançadores de Satélites de Outros Países


Olá leitor!

Abaixo segue um gráfico comparativo entre o "Veículo Lançador de Satélites Brasileiro (VLS-1)" atualmente em desenvolvimento pelo Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE) em relação a alguns foguetes de outras nações do mundo. Note como o nosso VLS-1 é um ainda um projeto de lançador bem modesto em relação aos foguetes atualmente em uso no mundo. Precisamos acelerar o nosso desenvolvimento na área de foguetes lançadores e para isso a melhor solução seria que governo apoiasse a partir de agora incondicionalmente, com recursos contínuos e planejamento político administrativo, o acordo espacial em curso com os russos. Estamos ficando pra trás e já estamos olhando para países como a Índia e a China de binóculo.

Lista de Foguetes:

Pegasus (EUA)
VLS-1 (Brasil)
ASLV (Índia)
J-1 (Japão)
Cyclon (Ucrânia)
Delta-2 (EUA)
Vostok (URSS/Rússia)
Soyuz (URSS/Rússia)
LM-2E (China)
Ariane-5 (Europa - ESA)
Tintan-4 (EUA)
STS (EUA)
Energia (URSS/Rússia)

Duda Falcão


Fonte: Edge Of Space - Eng. José Miraglia

Comentários

  1. A primeira vez que participo do site, da bem pra ver a nossa deficiencia nessa área, ainda mais depois das mortes da explosão do VLS, espero que o Brasil invista mais nesse setor e que possamos ver o Brasil la n o alto um dia.

    ResponderExcluir
  2. Olá Equipe Alpha,

    Seja bem vindo e esteja à vontade para participar no blog opinando quando assim você achar necessário. O problema do "Programa Espacial Brasileiro" não só se restringe ao seu orçamento (que tem melhorado apesar de ainda não ser o suficiente), mas também por diversos outros problemas que são históricos e que precisam ser resolvidos para que assim o programa possa alcançar um desenvolvimento no mínimo aceitável.

    Abs

    Duda Falcão
    (Blog Brazilian Space)

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Ouviu o Barulho no Céu? Entenda o Fenômeno Que Assustou os Brasileiros no Último Final de Semana

Operação CRUZEIRO: Primeiro Ensaio em Voo de um Motor Aeronáutico Hipersônico Brasileiro