Agência Espacial Inaugurará Primeiro Centro Vocacional Tecnológico Espacial

Olá leitor!

Segue abaixo a nota postada ontem (10/11) no site da Agência Espacial Brasileira (AEB), tendo como destaque a proximidade da inauguração do Centro Vocacional Tecnológico Espacial (CVT-Espacial) que está marcado para ocorrer nesta segunda-feira (13/11) no Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (CLBI).

Duda Falcão

Agência Espacial Inaugura Primeiro
Centro Vocacional Tecnológico Espacial

Coordenação de Comunicação Social – CCS
10/11/2017


A Agência Espacial Brasileira (AEB) inaugura no dia 13 de novembro, às 15h30, em Parnamirim, no Rio Grande do Norte, o primeiro Centro Vocacional Tecnológico Espacial do Brasil, o CVT-Espacial. O objetivo do centro é incentivar estudantes a atuarem nas áreas espacial e de ciência e tecnologia, além de conscientizá-los da importância do Programa Espacial Brasileiro e dos seus benefícios para o País.

O CVT-Espacial é uma iniciativa da AEB inserida no Programa de Apoio à Implantação e Modernização de Centros Vocacionais Tecnológicos do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), desenvolvido em parceria com o Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (CLBI), com apoio do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA).

Durante a inauguração estarão presentes alunos do ensino médio e professores do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN) já capacitados por engenheiros da AEB.  A equipe do IFRN será responsável em acompanhar e orientar as primeiras turmas de alunos da Secretaria de Educação de Parnamirim, também parceira do projeto.

No primeiro momento, o CVT vai atender alunos do 9º ano do ensino fundamental das escolas públicas do município de Parnamirim. “ Com a consolidação do Centro e de suas parcerias as atividades serão estendidas a outros níveis de ensino”, afirmou o diretor de Satélite, Aplicações de Desenvolvimento da AEB, Carlos Alberto Gurgel.

Educação Continuada

Segundo Rodrigo Leonardi, coordenador de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação da AEB, o CVT visa promover o conhecimento científico e tecnológico em um processo de educação continuada, em um ambiente adequado que oferece recursos para realização de experimentos, ensaios, trocas de experiências e atividades de treinamento presencial e a distância.

Com o funcionamento do CVT-Espacial, os estudantes da região poderão desenvolver diversas atividades educacionais, como competições de espaçomodelismo, foguetemodelismo e, principalmente, cursos de capacitação e oficinas temáticas espaciais, utilizando os modelos do Programa AEB Escola, mas de forma continuada.

Dividido em dez ambientes, o CVT-Espacial conta com laboratórios para atividades de propulsão, satélite, integração e teste, auditório, espaço Marte e Lua, sala de capacitação, refeitório e vestiários, além de espaços abertos para lançamentos de foguetes e outras atividades.

Instalações do CVT-Espacial em Parnamirim (RN).


Fonte: Site da Agência Espacial Brasileira (AEB)

Comentário: Ora leitor, se finalmente por um lado essa notícia é positiva, por outro todo o processo da condução deste Projeto deveria ser investigado minuciosamente pelo Ministério Publico Federal (MPF). Segundo fui informado à empresa contratada através de um edital feito por essa Agencia de Brinquedo para desenvolver e produzir um foguete educativo com alcance entre 2000 a 3500 metros a ser utilizado nas missões completas com lançamentos de Cansats por parte das equipes de estudantes que utilizarão este equipamento, não foi concluído pela suposta empresa vencedora do tal edital e sequer teria sido cobrada judicialmente pela quebra de contrato, o que é muito estranho. Além disso, se realmente houve um edital, porque empresas brasileiras (startups) com tecnologia para desenvolver esses tipos foguetes (Ex: Acrux Aerospace Technologies, Edge Of Space, Bandeirante Foguetes e nova empresa do Eng. José Miraglia) não foram convidadas para participar do tal edital ???  Qual foi esta empresa contratada que supostamente não conseguiu cumprir o contrato??? Bem seja como for leitor, o CVT-Espacial ao que parece será inaugurado nesta segunda-feira mesmo sem o tal foguete e com a presença de alunos do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) que, segundo nota da própria agencia divulgada dia 30/10 passado (veja aqui), serão os primeiros a utilizarem este equipamento em sua plenitude. Acontece que a ideia inicial do projeto previa que equipes de alunos participassem desenvolvendo uma missão espacial completa, que envolvesse o desenvolvimento de uma carga útil (cansats), integração desta carga, montagem e o lançamento da mesma. Porém se não há foguete, como essa carga será lançada perguntaria o leitor mais atento? Bom leitor, segundo a minha fonte, a nossa agencia de brinquedo encontrou uma saída (o tal jeitinho brasileiro) e pretende lançar os cansats de um Drone, kkkkkkkkkkkkk, realmente o fim da picada.

Comentários

  1. " PENSE GRANDE, COMECE PEQUENO.....ANDE RÁPIDO COMO TUDO FOI PLANEJADO, ESTÁ É A GRANDE DIFERENÇA DA HONESTIDADE DE PROPÓSITOS".

    Existe três coisas que não podem se escondidas por muito tempo: A Lua e o Sol que nascem e se põem todos os dias.E a verdade dos fatos de nós mesmos. Dizem por aí, que o Tio Sam, achou com fideísmo, vontade querer, visão futura e responsabilidade o caminho para lua, mas até hoje o brasileiro, com o governos que tem, não alcançou até o momento, o caminho além dos 100 Km, par por em orbita tais sonhos. Quando uma coisa vai mal, o resto é pura sessão
    de coincidências, faltas, erros e acumulo de EXPLOSÕES na plataformas, ou até mesmo uma pulsão de morte, 2003, lembram-se, em Alcântara!!!!
    O PEB é: Inovador, mas falta recursos; é uma família de entusiastas, mas falta incentivo governamental; são engajados, mas falta estrutura; são éticos, mas falta transparência administrativa; são parceiros, mas falta compromisso internacional; são facilitadores, mas falta critérios; são ousados, mas falta vigilância administrativa de brigar pelos interesses; somos competitivos, mas falta desempenho pessoal da diretoria a AEB, são práticos, mas falta recursos....em fim, o único homem que está isento de erros, é aquele que não arrisca acerta o melhor para o PEB. Não somos totalmente perfeitos, eis a questão!!!!
    Exemplo de coragem não faltou ao maior estadista americano ( Presidente John Kennedy, quando teve uma visão futurística, em que a conquista do espaço e da Lua eram metas importantes e futuras, afinal de contas o futuro se planta com o presente. Coragem nobres Brasonautas, é a primeira das qualidades humanas,porque é essa características dos países que pensam além, que garantem as outras conquistas.

    ResponderExcluir
  2. Construção bizarra d+ putz... Parece aqueles alojamentos de campo de refugiados hahahah

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Operação CRUZEIRO: Primeiro Ensaio em Voo de um Motor Aeronáutico Hipersônico Brasileiro

Janeiro de 2015 Registra Recorde de Focos de Queimadas Detectados Por Satélite