Fórum em São José dos Campos (SP) Discute a Indústria Espacial

Olá leitor!

Segue abaixo a nota postada dia (31/10) no site da Agência Espacial Brasileira (AEB), tendo como destaque o tal “Fórum da Indústria Espacial Brasileira”, a ser realizado em São José dos Campos (SP) na próxima quarta-feira (08/11) e já abordado aqui no Blog.

Duda Falcão

Fórum em São José do Campos (SP)
Discute a Indústria Espacial

Coordenação de Comunicação Social – CCS
31/10/2017


As inovações, tendências e oportunidades na área espacial serão os temas discutidos por empresários, startups, e centros de PD&I no Fórum da Indústria Espacial Brasileira, que acontecerá no dia 8 de novembro, no Parque Tecnológico São José dos Campos, São Paulo. O evento será realizado por meio de uma parceria entre a Agência Espacial Brasileira (AEB), a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) e o Parque Tecnológico São José dos Campos.

O objetivo do evento é reunir Instituições relacionadas ao setor espacial, tais como indústrias de diferentes setores, centros de pesquisa e tecnologia e agências de financiamento, a fim de identificar projetos compatíveis com o desenvolvimento do setor.

No Fórum serão dados destaques às tendências do segmento, como os nanossatélites, veículos lançadores de microssatélites (VLM), o papel das startups, além de tratar da possibilidade de criação de novos negócios e da área de aplicações espaciais. Situado na fronteira tecnológica, o setor espacial é o responsável pela geração de tecnologias de utilização transversal aplicáveis a diversos setores da economia.

Serão apresentados painéis temáticos com experiências das empresas no Parque Tecnológico, e na transferência de tecnologia do Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas (SGDC).  O evento também terá um painel sobre startups com a participação da NewSpace NYC, uma Comunidade para o Desenvolvimento de Startups no setor espacial.

A apresentação dos instrumentos de apoio e fomento ao setor espacial e uma Rodada Tecnológica também integram a programação do evento. Durante a Rodada, os empresários terão a oportunidade de conversar com representantes de centros de pesquisa e tecnologia e entes do governo a fim de identificar parcerias em projetos de desenvolvimento de novas tecnologias. Para ter acesso à programação completa clique aqui


Fonte: Site da Agência Espacial Brasileira (AEB)

Comentário: Pois é leitor, primeiramente não existe mais essa coisa de Industria Espacial Brasileira (há não ser se você contar alguns gatos pingados e talvez umas 6 Startups) e a maioria das empresas que comparecerão serão estrangeiras disfarçadas de brasileiras para discutir o que, fantasias? Com o orçamento do setor espacial divulgado pelo MD (é claro que neste caso não envolveu a parte do orçamento que cabe o MCTIC), não há o que ser discutido num Fórum, há não ser talvez a iniciativa da própria indústria de se construir um míssil e jogá-lo sobre o Palácio do Planalto e um outro sobre o Congresso Nacional. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial