Pato de Minas Cria Clube de Espaçomodelismo

Olá leitor!

Desde bem garoto sempre ouvir de meu pai e de sua mãe (minha avo - uma bela senhora loira de olhos bens azuis no alto de seus 1.80m que parecia uma alemã) o ditado: “A César o que é de César”, e diante disto durante toda a minha vida procurei adotá-lo em todas as minhas atitudes, sempre dando o mérito adequado a todos que cruzaram o meu caminho nos 53 anos dessa minha trajetória de vida, fossem eles para contribuir ou mesmo para me prejudicar, todos eles receberam o que mereciam.

Portanto caro leitor, quando recebemos um e-mail como este abaixo enviado ao Blog no final da noite de ontem pelo Sr. Sérgio Melo Moraes, integrante do “Clube de Espaçomodelismo de Patos de Minas-MG (CEPA)”, muito nos alegra e nos incentiva a continuar o nosso trabalho.

“Olá Duda Falcão, boa noite !

Minha liberdade ao cumprimentá-lo está no fato de eu já estar familiarizado com seu nome pelo blog.

Antes de mais nada, gostaria de parabenizá-lo pelo blog. São brasileiros de seu calibre que fazem as ideias florescerem e irem para frente neste nosso Brasil abandonado.

E foi através do incentivo de seu blog que fomos impulsionados e incentivados a reacender a chama do Espaçomodelismo em nossa cidade. O CEPA ( Clube de Espaçomodelismo de Patos de Minas-MG) criou no Facebook uma página direcionada ao assunto, com o intuito de incentivar professores e alunos de nossa região a gostarem deste esporte ou hobby que é o Espaçomodelismo.

Quem sabe um dia poderemos estar nas páginas do Brazilian Space representando nossa cidade em alguma Competição de Foguetes !

No facebook está Sérgio Melo Moraes, visite-nos, será uma honra. Nossos desejos de uma melhora rápida em sua saúde devido ao infeliz acidente ocorrido com você.

Tudo de bom !

Sérgio Melo Moraes
CEPA-MG”

Caro Sr. Sergio, muito me envaidece as sua palavras e o seu reconhecimento ao meu trabalho incentivando-me a continuar lutando por um país melhor para os nossos descendentes, ou seja, na construção de uma nação verdadeiramente formada por cidadãos, e não piratas oportunistas e egocêntricos como infelizmente ocorre hoje. Precisamos mudar isto, e a sociedade esclarecida e preocupada com toda esta situação precisa entender definitivamente que não existe nação sem Cidadania.

Não adianta nada ter bons professores, boas escolas, alunos motivados e querendo aprender sem que haja o entendimento dos mesmos do que seja realmente cidadania desde o ensino fundamental, caso contrario, formaremos profissionais qualificados, é verdade, mas de índole discutível, só interessados em direitos e só preocupados com os seus próprios umbigos e não em prestar um bom serviço a sua comunidade como cabe a um cidadão de uma verdadeira nação. Esta Sr. Sergio é a minha luta, a minha missão, herculana sem dúvida, mas a semente já esta sendo plantada e felizmente não só por mim.

Quero aqui parabenizar publicamente ao senhor e a todos os envolvidos com esta iniciativa do CEPA, e desejar ao mesmo tempo sucesso, aproveitando para sugerir a vocês que criem no Facebook uma página específica para o clube, pois assim ficará mais fácil a comunidade do Espaçomodelismo do país acompanhar as suas atividades. Desde já contem com o Blog quando precisarem e boa sorte.

Duda Falcão

Comentários

  1. Caro Duda Falcão, o CEPA se sente honrado em aparecer nas páginas de seu blog. Precisamos de seu trabalho para o nosso incentivo e que suas palavras substanciadas e contudentes sirvam para acordar os nossos representantes na área Espacial Brasileira. Obrigado !
    Sérgio de Melo Moraes
    CEPA - Patos de Minas-MG

    ResponderExcluir
  2. " O grupo pioneiro CEFAB-Centro Experimental de Foguetes Aeroespaciais da Bahia, parabeniza á todos os integrantes " Novos Brasonautas", desejando 1001 sucessos neste empolgante empreendimento cientifico, estamos ao seu inteiro dispor, para qualquer ajuda inicial, para dar os primeiros passos."

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial