terça-feira, 22 de maio de 2018

O Brasil Visualiza Dois Novos e Poderosos Foguetes de Sondagens

Olá leitor!

Nos últimos anos (principalmente após o anuncio do fim do Projeto VLS-1) o nosso Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE) vem divulgando o seu interesse de aumentar sua família se foguetes de sondagens desenvolvendo dois novos e poderosos foguetes, ou seja, o VS-43 e o VS-50.

Família de foguetes de sondagens brasileiros.
Obs: Dois novos foguetes com motores brasileiros foram
usados pela primeira vez recentemente pelos alemães,
ou seja, o VS-31/Orion e o VS-31/IM.

É preciso lembrar que o Interesse do IAE no desenvolvimento do VS-43 (foguete baseado no motor S43 do finado VLS-1) não é exatamente novo, pois este projeto já existia deste o lançamento da segunda versão do PNAE - Programa Nacional de Atividades Espaciais (1998-2007), documento este editado pela nossa pífia Agencia Espacial de Brinquedo (AEB) desde 1996, mas que nunca atingiu sequer 35% de seus objetivos, e que hoje em sua quarta e luxuosa versão bilíngue (2012-2021) não serve nem mesmo como papel higiênico.

Já o VS-50 (foguete baseado no motor S50 do desejado VLM-1) não surgiu exatamente quando do relançamento do projeto do VLM-1 neste novo PNAE (o projeto do VLM já aparecia no documento de 1998-2007, mas havia sido abandonado na versão seguinte deste documento), mas sim durante as negociações entre o IAE e o DLR Alemão, já que os alemães sentiam a necessidade também de terem um novo foguete de sondagem para substituir o foguete norte-americano Castor-4B que atende o Programa MAXUS europeu de microgravidade.

Assim sendo leitor, diante desta nova perspectiva brasileira de desenvolver novos foguetes de sondagens, formos a luta para buscar maiores informações sobre esses projetos e encontramos o seguinte:

Foguete VS-43

Bom leitor, levando-se em consideração a estratégia de desenvolvimento dos veículos de sondagem, o Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE) vislumbrou a possibilidade de desenvolver um veículo suborbital controlado baseado nos estágios superiores do VLS-1 (3º e 4º estágios), mas com a utilização do propulsor S43 no lugar do S40. Esse veículo, denominado VS-43, seria o meio para desenvolver diversos subsistemas necessários para uma missão de satelitização.

Assim sendo, o veículo VS-43 foi identificado como uma plataforma de testes ideal para o desenvolvimento de soluções para as seguintes áreas:

a) teste do SISNAV;

b) rede de controle, guiamento e navegação; rede de telemetria; rede de destruição e rede de serviço; e

c) eventos necessários para a satelitização: separação de coifa, basculamento, rotação e separação.

Além disso, o VS-43 também terá potencial para ser utilizado no cumprimento das seguintes missões:

a) teste de experimentos tecnológicos e em ambiente de microgravidade;

b) teste de Scramjets em camadas superiores da atmosfera;

c) teste de experimentos de reentrada atmosférica (SARA).

Adicionalmente, o IAE possui especial interesse no VS-43 pois:

a) sendo um veículo muito mais simples que o VLS-1 e bem mais complexo que um VS-40 ou Sonda IV, o desenvolvimento do VS-43 será uma excelente oportunidade para o IAE revisar, implementar e consolidar metodologias para o gerenciamento e desenvolvimento de projetos complexos;

b) possibilita a utilização do estoque adquirido pelo projeto do veículo VLS-1;

c) possibilita a utilização de toda a infraestrutura criada para o VLS-1 no IAE e no Centro de Lançamento de Alcântara (CLA)

O sistema sera composto (preliminarmente), por:

a) veículo: saia traseira com empenas, um motor S43 como primeiro estágio, baia de controle de rolamento, baia de equipamentos, um motor S44 como segundo estágio, cone de acoplamento e coifa;

b) banco de controle e linha de fogo;

c) sistema de aquisição e processamento de dados de telemetria;

d) sistema de carregamento de nitrogênio;

e) equipamentos de apoio ao solo e dispositivos para testes;

f) embalagens, manuais e procedimentos de integração;

g) estrutura de lançamento e rastreio já existente no CLA composta por: SISPLAT, casamata, PPP, PPCU, terminação de voo, radares e outros.

O IAE finaliza dizendo que espera que o VS-43 seja o veículo ideal para auxiliar o preenchimento da lacuna existente entre os veículos Sonda IV, VS-40 e VLS-1, a fim de assim dar continuidade na lógica de desenvolvimento iniciada com a família de veículos de sondagem.

Concepção artística do VS-43

Foguete VS-50

Bom leitor, segundo as informações que colhi,  a configuração básica do foguete VS-50 será composta por um propulsor sólido S50 no seu primeiro estágio e um propulsor S44 no segundo estágio. O veículo será concebido em conjunto com a base móvel de foguetes (MORABA) do Centro Espacial Alemão (DLR) visando ensaiar:

a) experimentos do projeto SHEFEX;

b) componentes que poderão ser utilizados no projeto VLM

c) principalmente para desenvolver, fabricar e qualificar em voo o motor S50.

Seu comprimento será de 12 m, seu diâmetro de 1,46 m e massa estimada de 15 toneladas e o seu desenvolvimento foi iniciado em 2014 em parceria com o DLR alemão.

Entretanto vale dizer que, apesar de ser um importante meio para desenvolver tecnologias necessárias para o VLM-1 e para as futuras gerações de veículos lançadores, não faz parte do escopo do projeto a redução dos riscos associados aos eventos necessários para a satelitização. Fato que reforça a necessidade do desenvolvimento do veículo VS-43.

Concepção artística do VS-50.

Pois é leitor, espero que você que ainda não tinha informações sobre esses dois projetos possa agora esta antenado com aqueles que já tinham,  mas lembre-se que: “a única coisa certa no Programa Espacial Brasileiro é que não há nada certo”.

Duda Falcão

19 comentários:

  1. Duda,

    Meu caro, para mim uma coisa é certa: estão trilhando os passos que deveriam ter trilhado antes do VLS, em especial no VS-43. O salto do Sonda IV para ele não foi pequeno, e o resultado foi público e notório.
    Bom sucesso a todos os envolvidos. Os envolvidos de verdade, que quis dizer.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estamos indo de cavalo para Burro , voltamos a década de 70/80, coitado do Brasil , a 130 anos de Liderança a Submissão ,graças aos nossos grandes militares colonizados !!

      Excluir
    2. jose luiz esposito, voltar as décadas de 70/80 se tratando de Brasil, porquê os Rússos faziam sondagens nas décadas de 50/60 , então o nosso país está muito atrasado em seu PEB , o nosso complexo de vira-lata é geral, triste herança dos Portugueses, mas eu estou na torcida de um dia ver algum novo Lançamento desses 3 novos Foguetes Brasileiros, o VS-43 , o VS-50 e o VLM-1

      Excluir
    3. Herança dos Portugueses , Herança dos Militares Deprimentes do Golpe da republiqueta , enquanto vivemos com a Herança portuguesa de Pedro I e Pedro II , éramos líderes , avançávamos no Continente , fazíamos ser Respeitado por todos , hoje e depois do Golpe dos Militares mais desgraçados , aí sim deixamos a herança portuguesa e passamos a copiar ideias Vagabundas de Positivismo , e criamos uma republiqueta até com o Nome Macaquito de Estados Unidos , e ainda mais depois que o Exercito ridículo internou aqui a Marinha dos EUA , para combater a nossa entre 1893/94 para não ser apeado do Poder , viramos Capachos dos EUA , uma Republiqueta de terceira de Castas Corporativista , onde o Povo que trabalha vive de Salários baixíssimos e Impostos Altíssimos para que as Castas brasileiras tenham o Melhor Padrão de Vida do Mundo , aposentadorias Nababescas e ainda Assaltem a Nação , e nisto tudo os Grandes Militares se INCLUEM !! Por isto vamos parar de Culpar aos portugueses e fazer a nossa Auto Crítica , geralmente os brasileiros somente se interessam para viverem as Custas da Viúva a partir de 1889 !
      O nosso Programa ESPACIAL hoje é Alugar Alcântara ao TIO SATÃ , a pouco os vagabundos diziam estar em conversações com vários interessados , então afirmei é MENTIRA , estão nos enganando ,eles vão entregar tudo ao Tiozinho do Norte , como um Bom Capacho , Militares de M... !

      Excluir
    4. Um Adendo , tem gente aqui , pensando em Tamanho de foguêtes , que deveríamos começar assim , etc, será que não entendem que estamos voltando Décadas , estamos realmente brincando de lançar Engenhos Espaciais , entreguem os Projetos a ADRIANINO SPACE ou a CARAMURU SPACE ,certamente lograremos melhores resultados que os nossos políticos e militares Vendidos !!@

      Excluir
    5. Deves torcer para o América ou Vasco , ,um sempre morre na praia e outro sempre é o vice ou até o Flamengo que sempre fica no cheirinho como os Projetos Brasileiros , as únicas coisa aqui que dão certo , é o avanço das Castas sobre o Erário Público !! !

      Excluir
    6. Ontem coloquei a minha resposta , a este comentário acima , porque estou cheio desta Infâmia de acusarem a Portugal, por desgraças cometidas por nós mesmo , quando Portugal nos legou tudo para nos tornarmos uma Liderança Mundial, porém jogamos tudo no lixo , com a pá de cal quando militares deprimentes deram um Golpe em PEDRO II e no Brasil! vamos analisar o Brasil com mais conhecimento!
      OBSERVAÇÃO : eu sou de origem italiana , geralmente os que tentam denegrir a Portugal e a nossa colonização , são os de origem portuguesa , mas com estudo e conhecimento , fica claro que nós somos os verdadeiros culpados , falta-nos sangue e vontade de luta !

      Excluir
    7. O que disse é que deveriam ter seguido esses passos à época. Li certa vez em outro blog que o projeto do VLS fora comprado da Bristol do Canadá, e que essa mesma abandonara esse conceito por achá-lo complicado de se realizar.
      Se, aparentemente, não seguiram os passos necessários, sem saltos gigantescos à época, que o façam agora, visto que o cavalo alazão morreu pelo caminho.

      Excluir
    8. jose luiz esposito, refutando a sua opinião, Portugal não nos deu nada, o Brasil teve que organizar uma guerra contra Portugal, a Bahia mesmo só ficou independente em 2 de Julho de 1823, o primeiro país a aceitar a nossa Independência foi os EUA, e Portugal só aceitou a nossa Independência muitos anos após e o brasil teve que pagar uma dívida em milhões de Libra Esterlinas, então não ganhamos nada de graça do Rei Dom João VI, e seu neto não era Português, era Brasileiro legítimo filho de uma Austríaca com um Português, nos livros contam que Portugal pelo seu tamanho reduzido, ficou limitado a expandir seu território além mar.

      Excluir
  2. pelo gráfico dá uma idéia que o VS-43 é mais Alto que o VS-50, pela lógica o VS-50 deveria ser mais alto e muito mais potente que o VS-43.

    vou aguardar dados futuros de desempenho de cada um.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. se o VLS-1 tem 19,4 metros de altura e o VS-50 tem 12 metros de altura , qual seria a Altura do VLM-1 e do VS-43 ?

      Excluir
    2. Li que o VLM terá 19,5 metros e o VS 43 ainda não sei .

      Excluir
    3. se S-43 que faz o 1° estágio do VLS tem 9 metros e S-44M tem 3,675 metros , então basta somar que dão 12,675 metros o VS-43

      Excluir
    4. justin oliveira, o VS-43 será mais Alto que o futuro VS-50 , porém o diâmetro do VS-50 é maior que o VS-43.

      e o Diâmetro do VLM-1 será maior que o VLS-1

      Excluir
  3. Podia publicar algo sobre o VLM1,há tempos não temos notícias.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que notícia ? Coitado do brasileiro se entusiasma com migalhas !!

      Excluir
  4. Maravilha , queria entender o que nos fez andar para trás ,infelizmente todo o sonho de minha geração , cada dia mais se perde no tempo e espaço . Depois de anos tentando desenvolver um Veículo lançador , voltamos a década de70/80 , quando somente fazíamos sondagens e estamos voltando ao entreguismo de FHC , alugar ALCANTARA , que desde de sua criação a 30 anos nunca foi realmente usada , agora voltamos com a ideia de alugá-la , a pouco dizia-se que conversávamos com vários interessados , eu repeti ser Mentira , era apenas xilocaína para assinarmos com o nosso Mui Amigo do Norte. Coitado do meu pais , nasceu para Líder e nossos militares o transformaram a quase 130 anos em Coadjuvante ou fazendo ponta em filmes de terceira, mas sempre dizem Bem Intencionados , nossos amigos nos ajudarão, etc , etc. Nossos militares e políticos colonizados desta republiqueta , deveriam fazer Graça em circos !!

    ResponderExcluir
  5. UM ADENDO : Para os Crentes , o único Projeto Espacial brasileiro , e´Ceder a Base ao nosso MUI AMIGO do NORTE !!

    ResponderExcluir
  6. "Mui amigo".A Meca;a medida de todas as coisas;o centro do universo;o único lugar da Terra a abrigar vida inteligente;os patrões do norte.Tudo que é bom para eles é bom para nós.Aqueles a quem devemos reverenciar e entregar não somente a base mas também nossas reservas de água doce,nossos minerais raros,nosso petróleo,nossas melhores empresas(só faltava a Embraer),nossas terras férteis,nosso mercado e mão de obra servil.Além de apoiá-los de forma incondicional na política exterior.

    ResponderExcluir