terça-feira, 20 de outubro de 2015

Asteroide de Grandes Proporções Passa Perto da Terra no Fim do Mês

Olá leitor

Segue abaixo uma notícia postada hoje (20/10) no site da Agência Espacial Brasileira (AEB), destacando que segundo a NASA um Asteroide de grandes proporções passará perto da terra no final do mês.

Duda Falcão

Asteroide de Grandes Proporções Passa
Perto da Terra no Fim do Mês

O Globo


Brasília, 20 de outubro de 2015 – Um asteroide de grandes proporções passará perto da Terra na madrugada do próximo dia 30. Batizada 2015 TB145, a rocha espacial foi descoberta no último dia 10 e tem diâmetro estimado em cerca de 470 metros.

De acordo com os cálculos da agência espacial norte-americana (NASA), o asteroide chegará a 499 mil quilômetros do planeta, ou cerca de 1,3 vez a distância média da Lua, no ponto de maior aproximação, não representando, portanto, perigo de colisão com a Terra.

Ainda segundo a NASA, o asteroide é a maior rocha espacial conhecida a se aproximar de nosso planeta até 2027, quando o asteroide 1999 AN10, estimado em mais de um quilômetro de diâmetro, poderá chegar a pouco mais de 30 mil quilômetros da Terra, mas também sem chance de impacto com o planeta.

Embora o 2015 TB145 não represente perigo nesta passagem, sua descoberta tão próxima de sua aproximação mostra o quanto a Humanidade ainda está vulnerável a uma colisão com este tipo de objeto. Isso porque, enquanto a grande maioria dos asteroides tem órbitas quase circulares próximas ao plano onde os planetas circulam em torno do Sol, o 2015 TB145 apresenta uma órbita extramente excêntrica, no formato de uma elipse, e altamente inclinada com relação a este plano, cerca de 40 graus, o que faz com que rochas espaciais como ele sejam muito difíceis de serem detectadas a tempo de se tentar impedir o choque com as tecnologias atuais.

Mas apesar de ser relativamente grande, aproximadamente 28 vezes o tamanho do meteoro que explodiu sobre a cidade de Chelyabinsk, na Rússia, em fevereiro de 2013, deixando cerca de mil pessoas feridas, o 2015 TB145 não é grande o bastante para provocar uma catástrofe de proporções globais como o asteroide com cerca de 10 quilômetros de diâmetro cujo impacto acredita-se ter levado à extinção os dinossauros há cerca de 65 milhões de anos.


Fonte: Site da Agência Espacial Brasileira (AEB)

Comentário: Raça humana, desça do pedestal e deixe de ser arrogante, ou em algum momento vai pagar um alto preço pela sua estupidez.

Um comentário: