sexta-feira, 12 de junho de 2015

Quando o BRASIL Alcançará Este Nível?

Olá leitor!

Segue abaixo um pequeno artigo escrito pelo presidente da Centro Experimental de Foguetes Aeroespaciais da Bahia (CEFAB), o Sr. Carlos Cássio Oliveira, sobre a espaçonave americana NEW HORIZONS e a atual situação desastrosa e sem esperança que o PEB e o Brasil estão enfrentado.

Duda Falcão

Quando o BRASIL Alcançará Este Nível?

Carlos Cássio Oliveira
CEFAB
12/06/2015

Alguém pode responder-me com clareza, o título desse artigo?

Estou triste com os acontecimentos, enquanto  alguns  fazem  algo,  outros omitem  o conhecimento da ciência. O vídeo em anexo é um exemplo de dedicação do um verdadeiro Progresso Espacial. O Brasil é a cara da história da "Formiguinha e da Cigarra". Enquanto nós escrevemos a nossa história praticando e talvez sendo os melhores  em  Samba, Futebol, Novelas, Cultura Afro, Paradas...., Corrupção, Falcatruas, Prepotência, Arrogância, Autoritarismo, Violência, Omissão na Saúde, Cultura, Segurança, Realityshow's, etc...., outros países  mais desenvolvidos e antenados com o futuro, continuam  a  investir no futuro da pesquisa  espacial e no desenvolvimento de suas sociedades.

A exemplo, a nave “NEW  HORIZONS”, a  primeira  a ser desenvolvida para  o cinturão de Kuiper, uma zona gigantesca de corpos  gelados e pequenos objetos misteriosos que orbitam além da órbita de Netuno. Esta região é também conhecida como a "terceira" zona de nosso sistema solar, ou seja, além dos planetas rochosos interiores e dos gigantes gasosos. Johns Hopkins, laboratório de Física Aplicada da Universidade (APL), em Maryland (EUA), projetou, construiu e opera a espaçonave NEW HORIZONS, gerenciando a missão para a direção da NASA em Washington.

O ano de Plutão - NASA NEW HORIZONS é um documentário de uma hora que assume a  ciência dura e dá-nos respostas de como a missão surgiu e porque é importante. Entrevistas com o Dr. James Green, John Spencer, Fran Bagenal, Mark Showalter e de outros especialistas respondem como a New Horizons pretende cumprir sua missão. A espaçonave NEW HORIZONS é parte do Programa Novas Fronteiras, administrado por Marshall sapce  Fliht Center da NASA, em Huntsville, Alabama (EUA).


Comentário: Bom presidente Cássio, quem sabe o nosso eficiente presidente da Agência Espacial Brasileira (AEB), o Sr. José Raimundo Braga Coelho, possa responder a sua pergunta.

5 comentários:

  1. Olá a todos,
    Nós ainda nem temos capacidade de colocar microsatélites com veiculo lançador próprio e pelo que entendi nunca teremos capacidade de colocar satélites geoestacionários e portanto vamos ficar engessados para sempre porque ao meu ver(me corrijam se eu estiver errado) é a partir desses veículos lançadores que carregam satélites geoestacionários que é desenvolvido veículos que podem atingir o tal "espaço profundo". Então fica difícil imaginar que teremos algum dia capacidade de alcançar algo além de órbita baixa com tecnologia própria. É só o que eu acho. Acho que sempre dependeremos dos países de verdade para qualquer coisa. Infelizmente essa é a realidade, mesmo que muitos queiram negar. Vários países já possuem projetos de colonização da lua para as próximas 2 décadas. E nós na próxima década vamos ter o que?? Me digam. VLM?

    flw

    ResponderExcluir
  2. Quem sabe se utilizarmos toda a verba que foi desperdiçada no programa da ACS em financiar empresas brasileiras não seria mais eficaz? Alias essa é uma tendência nos EUA. Até porque, fazer programa espacial com estatal não é muito aconselhável vista a tendência de acomodação observado nessas empresas.

    ResponderExcluir
  3. Felipe Dias, eu acredito que o Brasil tem total condições de realizar qualquer projeto espacial com sucesso, basta que haja financiamento, o nosso PEB está na inércia devido ao pouco incentivo do Governo nessa área.
    .
    essa é a minha opinião, Felipe Dias.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A minha opinião é essa também, mas tem acrescentar a incompetência de muita gente também. Não é só falta de dinheiro.

      Excluir
  4. Felipe Dias, de 1965 a 1980 , o Brasil só copiou o Sonda I , o Sonda II , criou o Sonda III , e construiu o Sonda IV, de 1980 a 2003 , criou VS-30 , VSB-30 , VS-40 e o VLS , no caso do VLS em duas tentativas de lançamento não teve êsito e a 3° tentativa explodiu com 3 dias anterior, -----> resumindo o Brasil teve uma Agência Espacial de Brinquedos , eu vejo que nesses 51 anos houve Sabotagens , Confiscos de Décadas , Barramento de Desenvolvimento por parte estrangeira influenciando o Governo e as Forças Armada, eu vejo assim todo esse tempo que levou .

    ResponderExcluir