quarta-feira, 20 de setembro de 2017

CLBI Recebe Comitiva Chinesa Sob Coordenação da Agência Espacial Brasileira

Olá leitor!

Segue abaixo uma nota postada ontem (19/09) no site do “Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (CLBI)”, destacando que dia 25/08 o Centro recebeu a visita de uma Comitiva Chinesa sob coordenação da Agência Espacial Brasileira (AEB).

Duda Falcão

Notícias

CLBI Recebe Comitiva Chinesa Sob
Coordenação da Agência Espacial Brasileira

CLBI
19/09/2017


O CLBI, no dia 25 de agosto de 2017, sob coordenação da Agência Espacial Brasileira, recebeu comitiva chinesa para visita às instalações do Centro.

A visita prevista no cronograma do Southern Hemisphere Space Technology and Application Forum – evento promovido pela Agência Espacial Brasileira em parceria com o Regional Center for Space Science and Technology Education in Asia and the Pacific, com a Universidade de Brasília e com a Beihang University – foi conduzida pelo Vice-diretor do Centro, Coronel Aviador Sidney Miguel Lima à comitiva chinesa composta por nove membros e acompanhada pelo Responsável pela Unidade Regional da Agência Espacial Brasileira em Natal, Coronel Aviador Marco Antônio Vieira de Rezende.

O Fórum aprofundou discussões sobre a estruturação de alianças regionais no âmbito dos Centros Regionais de Educação em Ciência e Tecnologia Espaciais de Nações Amigas e compartilhou inciativas e projetos em curso, bem como criou ambiente propício à cooperação no setor. O Brasil como membro do Centro Regional de Educação em Ciência e Tecnologia para América Latina e Caribe recebeu como parceiro internacional a comitiva chinesa para conhecer as instalações do CLBI.

O roteiro compreendeu visita às instalações da Seção de Preparação e Lançamento, ao Centro de Cultura Espacial e ao Centro Vocacional Tecnológico Espacial – espaço idealizado e coordenado pela AEB a ser inaugurado no segundo semestre de 2017 com a finalidade de desenvolver e apoiar a disseminação da cultura espacial e científica no Brasil e despertar o interesse de futuros jovens profissionais para atividades de pesquisa e desenvolvimento científico e tecnológico no setor aeroespacial.

O Vice-diretor do Centro apresentou a missão institucional da Organização e destacou o papel do CLBI dentro do Programa Espacial Brasileiro: “O CLBI atua como órgão de execução no Programa Espacial responsável por executar e prestar apoio às atividades de lançamento e rastreio de engenhos aeroespaciais e de coleta e processamento de dados de suas cargas úteis, bem como executar os testes, experimentos, pesquisa básica ou aplicada e outras atividades de desenvolvimento tecnológico de interesse da Aeronáutica, relacionados com a Política da Aeronáutica para Pesquisa e Desenvolvimento e com a Política Nacional de Desenvolvimento das Atividades Espaciais”, ratificando a missão prevista no Regimento Interno do Comando da Aeronáutica.



Fonte: Site do Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (CLBI)

Comentário: Bom leitor, programa espacial se faz com objetividade, dinamismo e visão, pelo menos é assim nos programa espacias sérios. Diante disto eu pergunto, sendo o CLBI um centro de lançamentos de foguetes suborbitais, qual foi à praticidade desta visita chinesa? Turismo ou cortesia? Ou Essas entidades chinesas pretendem lançar missões suborbitais do CLBI, ou mesmo missões educacionais relacionadas com o CVT? Ora leitor, a logística para se tornar possível esta visita certamente gerou custos pagos pelo erário publico através da AEB, da UnB ou do CLBI, ou então saiu do bolso do Coronel Aviador Marco Antônio Vieira de Rezende, rsrsrsrs, possibilidade esta que é bastante improvável.

Nenhum comentário:

Postar um comentário