segunda-feira, 20 de março de 2017

Operação MAIUS 1

Descrição da Campanha

Operação: Maius 1
Foguete: VSB-30 V19
Numero do voo do foguete: 23
Data de lançamento: 23 de janeiro de 2017
Horário: 03:30 (horário local)
Apogeu do voo: 238 km
Tempo de voo: Aproximadamente 6 minutos
Local: Centro de Lançamento Esrange (Suécia)
Objetivo: Lançar no espaço a  carga útil alemão MAIUS 1.
Resultado: Sucesso Absoluto.

Cargas Úteis Científicas Embarcadas

- MAIUS-A payload
- Micro - IMU experiment

Instituições Envolvidas

DLR - Centro Espacial Alemão
SSC - Swedish Space Corporation

Instituições Indiretamente Envolvidas

DCTA - Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial
IAE - Instituto de Aeronáutica e Espaço

Operação MAIUS 1

Foi realizado com sucesso a partir do Centro de Lançamento de Esrange (base sueca localizada a 200 km do Círculo Polar Ártico, próxima à cidade de Kiruna, na Suécia), o lançamento do 23º foguete de sondagem brasileiro VSB-30. O lançamento ocorreu dia 23/01 às 3h30min da manhã (horário local).

O veículo VSB-30 V19 atingiu o apogeu de 238 km transportando a carga útil MAIUS 1 (Matter-Wave Interferometry in Microgravity), tendo abordo dois experimentos que fazem parte do Projeto Quantus3 do Centro Aeroespacial Alemão (DLA).  Esta missão pode ser descrita como uma das missões mais complexas jamais realizadas por um foguete de sondagem. Durante a fase de microgravidade de aproximadamente seis minutos do vôo, os cientistas alemães conseguiram produzir pela primeira vez no espaço um condensado de Bose-Einstein (BEC) e realizar experimentos de interferometria de átomos com eles.

"Os condensados ​​de Bose-Einstein são produzidos quando o gás é arrefecido para perto do zero absoluto, e estamos muito satisfeitos por podermos demonstrar que o sistema MAIUS 1 funciona perfeitamente no espaço e, durante a fase de microgravidade, cerca de 100 experiências individuais foram realizadas sobre diferentes aspectos da interferometria de ondas de matéria", explicou Rainer Forke, da Administração Espacial do Centro Aeroespacial Alemão (DLR).

A MAIUS-1 é uma missão de demonstração  tecnologica em ambiente de microgravidade que testou o princípio de equivalência de Einstein com matéria quântica degenerada, uma das estratégias para explorar a fronteira entre a mecânica quântica e a gravidade. Um teste preciso para essa equivalência é a comparação da queda livre de nuvens ultracólicas de diferentes espécies atômicas e sua leitura usando interferometria atômica. A fim de aumentar a precisão de um tal interferómetro, a área espaço-tempo encerrada nele tem de ser aumentada. Isto pode ser conseguido através da realização de experiências num ambiente de microgravidade que permite tempos de interrogação mais longos.

FOTOS:

Nenhum comentário:

Postar um comentário