terça-feira, 28 de março de 2017

Delegação Francesa Conhece Atividades do Centro de Lançamento de Alcântara (MA)

Olá leitor!

Segue abaixo uma nota postada hoje (28/03) no site da Agência Espacial Brasileira (AEB) destacando que uma delegação francesa visitou na última sexta-feira (24/03) as instalações do Centro de lançamento de Alcântara (CLA).

Duda Falcão

Delegação Francesa Conhece Atividades do
Centro de Lançamento de Alcântara (MA)

Coordenação de Comunicação Social – CCS
28/03/2017


O Centro de Lançamento de Alcântara recebeu na última sexta-feira (24.3) a visita oficial da Direção-Geral de Armamento (DGA), órgão ligado ao Ministério da Defesa da França. Durante o encontro, o CLA preparou uma apresentação institucional a qual abordou o histórico das atividades espaciais no Brasil, a estrutura do Sistema Nacional de Desenvolvimento das Atividades Espaciais (SINDAE), os avanços implementados nos meios associados às atividades de lançamento, as operações realizadas e as operações futuras do Centro.

A comitiva francesa foi recepcionada pelo Coronel Engenheiro Luciano Valentim Rechiuti, diretor do CLA. A delegação teve a oportunidade de conhecer o Centro de Controle, local responsável pela coordenação das operações de lançamento realizadas em Alcântara, onde atuam profissionais de diferentes áreas como localização, planejamento, qualidade, etc. Ainda no Setor de Comando e Controle, a comitiva percorreu as estações de Meteorologia – onde são geradas informações meteorológicas tais como índice pluviométrico, velocidade e direção do vento, estação de TELEMEDIDAS – recepção de dados do foguete em voo – e Radar Adour – rastreio do foguete em voo.

Em seguida, os visitantes foram até o Setor de Preparação e Lançamento (SPL), onde conheceram o Prédio de Preparação de Propulsores (PPP), local onde são preparados os motores-foguetes para lançamento, o Centro de Controle Avançado (CAV), espécie de bunker situado próximo à área de lançamento que abriga a equipe responsável pela integração do foguete e carga-útil junto ao lançador, segurança de área, dentre outras atividades. A visita foi encerrada na Torre Móvel de Integração (TMI), a plataforma de lançamento do principal foguete de fabricação nacional, o Veículo Lançador de Satélites (VLS) e futuramente também do Veículo Lançador de Microssatélites (VLM).

A comitiva francesa foi chefiada pelo Coronel Charles Orlianges, Adido de Defesa e Aeronáutica da Embaixada da França no Brasil. Também participaram da visita representantes do Comando Interforças do Espaço e das companhias francesas Airbus e Thales, ligadas às áreas de defesa e espaço.

Para o Adido de Defesa e Aeronáutica da Embaixada da França no Brasil, Coronel Charles Orlianges, a visita proporcionou uma visão mais ampla sobre o CLA ao governo e companhias francesas, abrindo possibilidades para oportunidades de negócios envolvendo futuros projetos na área espacial em Alcântara.

A Direção-Geral de Armamento (DGA), é o órgão de aquisição de produtos de defesa e pela gestão do programa de desenvolvimento de sistemas de defesa do governo francês.



Fonte: Site da Agência Espacial Brasileira (AEB)

Comentário: Leitor será que alguém pode me explicar qual foi à utilidade desta visita? Foi uma visita de cortesia politica ou algo assim? Gente alguém precisa tomar o rumo desta joça, não é possível se continuar conduzindo este programa desta forma. Alguém precisa tirar a AEB debaixo das garras do MCTI, transforma-la em uma verdadeira Agencia Espacial com status de ministério sob o comando de gente competente e realmente comprometida em apresentar resultados e não bananas como o Sr. Braga Coelho. Lembram quando eu disse que a queda da debiloide da DILMA não ia alterar nada para o PEB e poderia até piorar? Quem lembra e foi mais perceptivo, sabia que algo que não se toma providencia tende naturalmente a piorar, e foi o que aconteceu e veem acontecendo desde que esses presidentes civis de merda assumiram o poder. Porém a incompetência, a burrice, a estupidez e a corrupção é tão generalizada dentro da classe desses vermes que, vejam como exemplo no vídeo abaixo, o que disse o energúmeno membro titular da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional do Senado Federal, o Senador Pedro Chaves, indicado pelo presidente desta Comissão (o hoje Senador Fernando Collor de Melo) para representar o Senado (segundo as suas próprias palavras ) no lançamento do Satélite Ariade 5. Você leu corretamente, isto mesmo, ele diz no vídeo Ariade 5. É este tipo de gente que está tomando decisões sobre o futuro do Brasil. Não é atoa galera que estamos nesta situação, não é atoa que o nosso programa espacial é uma piada, não é atoa que temos uma Agencia Espacial de Brinquedo, não é atoa que seu presidente é um banana. Chega até ser patético, e o cara é membro titular da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional do Senado Federal, nome pomposo, né verdade? Pois é, estamos ferrados. Aproveitamos para agradecer ao nosso leitor colaborador Jahyr Jesus Brito pelo envio desse vídeo.

3 comentários:

  1. Com a greve feia na Guiana, será que os franceses vao pensar em algum dia usar o CLA?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Eduardo!

      Se houver um acordo neste sentido sim, rsrsrsrs, mas não por esta razão.

      Abs

      Duda Falcão
      (Blog Brazilian Space)

      Excluir
  2. Seria cômico se não fosse trágico ver essa torre servindo só de pano de fundo para fotos e mais fotos,só serve para isso nem mesmo tem um foguete a vista para dar sentido a ela, nossos governantes não valem nada,tenho pena apenas dos que trabalham honestamente pagam altos impostos e continuam presos ao atraso desse país.

    ResponderExcluir