quinta-feira, 23 de abril de 2015

Foguete Suborbital Brasileiro é Lançado Com Sucesso na Europa

Olá leitor!

Segue abaixo uma nota postada hoje (23/04) no site do Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE), confirmando o lançamento bem sucedido do foguete VSB-30 brasileiro da "Operação TEXUS 51".

Duda Falcão

Foguete Suborbital Brasileiro é
Lançado Com Sucesso na Europa

Publicada em 23/04/2015 - 08:25
Atualizada em 23/04/2015 - 08:25


O lançamento do VSB-30 V18 com a carga útil TEXUS 51 ocorreu hoje, às 09h35 am (horário local), no Campo de Lançamento de Esrange (Suécia).

O foguete atingiu o apogeu nominal, dispersão do ponto de impacto a mais ou menos 10 quilômetros e os experimentos foram realizados com mais de 06 minutos de ambiente de microgravidade e a carga útil foi recuperada.

As seguintes instituições estão participando da campanha de lançamento: IAE, DLR, SSC, OHB e Airbus Defence & Space.

Seguem algumas informações do Centro de Lançamento de Esrange

General information

Launch site    Esrange Space Center
Launch date    TX51 launched on April 23, 2015

Technical information

Rocket type    VSB 30 rocket
Nominal diameter    557 mm
Total weight TEXUS 51    2654,4 kg
Total weight TEXUS 52    2644,6 kg
Apogee    ~261 km



Fonte: Site do Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE)

Comentário: Pois é leitor, esta é a quinta operação de lançamento de foguetes bem sucedida no ano de 2015 na Europa onde foi utilizada a tecnologia brasileira de foguetes de sondagem. As outras quatro foram: Operação ICI-4, Operação CRYOFENIX, Operação WADIS-II, Operação HIFIRE-7. Vale dizer que outras deverão ainda ser realizadas este ano na Europa e talvez alguma da Austrália, demonstrando com isto a excelência e a confiabilidade internacional alcançada por esta tecnologia desenvolvida nos laboratórios do Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE). Parabéns ao  IAE. Aguarde leitor pelo relatório desta missão.

4 comentários:

  1. http://www.planobrazil.com/missil-sovietico-r-17-codinome-otan-scud-o-ak-47-dos-misseis-balisticos/

    Duda.
    Dá uma olhada nesse link e nos comentários.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Emerson!

      Essa matéria é da área de Defesa, o que não é o nosso tema. Mas valeu assim mesmo.

      Abs

      Duda Falcão
      (Blog Brazilian Space)

      Excluir
    2. Tanto a matéria quanto os comentários tratam da possibilidade do VLS ter se beneficiado da suposta experiência sobre os Scuds e que vo Iraque chegou a desenvolver um lançador baseado no Scud.

      Excluir
    3. Cato Emerson!

      Quanto ao Iraque, não tenho informações, mas pode ser que sim. Já quanto ao VLS,, esta informação não tem fundamento. O VLS foi um projeto que nasceu fruto de um estudo sobre vários modelos de foguetes lançadores adequado as condições tecnológicas e financeiras do Brasil durante a segunda metade da décda de 70, tá ok?

      Abs

      Duda Falcão
      (Blog Brazilian Space)

      Excluir